KFC na China ofereceu água com desinfetante a cliente

Publicado em 13 de abril de 2021, em Ásia

A loja foi alvo de críticas após um de seus funcionários ter servido um copo de água com desinfetante a uma cliente por engano.

Neste Artigo:
&nbspKFC na China ofereceu água com desinfetante a cliente
O funcionário disse que a água com desinfetante foi oferecida por engano (banco de imagens)

Uma loja da KFC em Suzhou, na província chinesa de Jiangsu, foi alvo de críticas após um de seus funcionários ter servido um copo de água com desinfetante a uma cliente por engano, então ter pedido à ela que não contasse a ninguém por 1.000 yuans (cerca de $152), divulgou o Litchi News.

Publicidade

A cliente, de sobrenome Du, pediu um copo de água com gelo a um funcionário na loja da KFC em 29 de março.

Contudo, assim que tomou o primeiro gole sentiu gosto de desinfetante. Não acreditando, ela tomou mais uma vez e imediatamente começou sentir ardência e formigamento da garganta até o estômago.

Naquela tarde ela foi diagnosticada com gastrite erosiva aguda em um hospital local.

Embora a loja tenha pago 1.500 yuans pelo seu tratamento médico, Du disse que o estabelecimento também deveria compensá-la por salários perdidos e gastos com comida durante sua licença médica.

Entretanto, a loja estava somente disposta a pagar 1.000 yuans em compensação e pediu a Du que assinasse um acordo de confidencialidade para evitar que ela espalhasse esse incidente online.

Enfurecida pela atitude impetuosa, Du reportou o incidente à Jiangsu Broadcasting Corporation.

Através de uma investigação e negociações do fiscalizador de mercado local, a loja da KFC finalmente concordou em compensar Du em 15.000 yuans pelos seus salários perdidos, além de pagar seu tratamento médico.

Essa não é a primeira vez que uma rede de fast-food enfrentou repressão do público por problemas com segurança alimentar.

Em julho de 2014, uma fornecedora de itens alimentícios de marcas de fast-food em Xangai foi exposta pela Shangai Television Station por reembalar e usar carnes cujas datas de validade haviam expirado 8 meses antes.

Fonte: Global Times


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
EASY CAR RIDE