Fábricas na Ásia se recuperam dos danos da Covid-19

Publicado em 5 de janeiro de 2021, em Ásia

A atividade industrial expandiu no Japão, Coreia do Sul e Taiwan, indicando que fabricantes na região continuam a se recuperar dos danos da Covid-19.

Neste Artigo:
&nbspFábricas na Ásia se recuperam dos danos da Covid-19
Fábrica de smartphones na China (ilustrativa/banco de imagens PM)

A atividade em fábricas asiáticas expandiu moderadamente em dezembro graças à robusta demanda na gigante regional China, mostraram pesquisas empresariais na segunda-feira (4), mas a perspectiva de restrições mais rigorosas relacionadas ao coronavírus colocaram nuvens sobre o panorama para o setor em recuperação.

Publicidade

A atividade industrial expandiu no Japão, Coreia do Sul e Taiwan, de acordo com pesquisas PMI*, a mais recente indicação de que fabricantes na região continuam a se recuperar dos danos causados pela pandemia de Covid-19 no ano passado.

Contudo, uma desaceleração na atividade de crescimento de fábricas da China revela os desafios que a região enfrenta, visto que casos de coronavírus em aumento globalmente forçam muitos países a reimporem restrições sobre atividade econômica, colocando nuvens sobre a perspectiva para exportações.

O Caixin/Markit Manufacturing Purchasing Managers’ Index da China (PMI) caiu em dezembro para 53 – seu nível mais baixo em 3 meses – mas ficou bem acima do nível de 50 que separa crescimento de contração.

“A demanda externa foi provavelmente impactada pela propagação global continuada da Covid-19 e reimplementação de lockdowns”, disse Erin Xin, economista da China do HSBC, em uma nota de pesquisa.

A leitura, que foi menor do que os 54,9 de novembro, caiu praticamente em linha com o indicador oficial de atividade em fábrica o qual mostrou operação moderando a um nível alto.

Em outras regiões, a produção se estabilizou no Japão pela primeira vez em dois anos, enquanto o setor de fábricas da Índia encerrou um duro ano de 2020 sobre um tom mais forte, visto que fabricantes aumentaram a produção para atender a crescente demanda.

“Fabricantes japonesas sinalizaram uma estabilização ampla em condições de operação no fim de um ano tumultuado”, disse Usamah Bhatti, economista no IHS Markit.

O setor industrial da China teve uma recuperação impressionante do choque do coronavírus graças a exportações inesperadamente sólidas, ajudando a clarear as perspectivas para recuperação da Ásia.

Entretanto, um ressurgimento de infecções está forçando alguns países ocidentais a reimporem controles rigorosos sobre atividade econômica, colocando nuvens sobre perspectivas para exportações incluindo aquelas da China.

O Japão pode se juntar a outros países em aplicar restrições mais rigorosas, com o primeiro-ministro Yoshihide Suga sinalizando na segunda-feira a chance de declarar um estado de emergência para Tóquio e outras 3 províncias vizinhas.

*PMI (Purchasing Managers’ Index): indicadores econômicos derivados de pesquisas mensais com empresas do setor privado.
Fonte: Japan Today


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão