Tailândia diz que China e Japão estão interessados em ‘bolha de viagem’

Publicado em 12 de junho de 2020, em Ásia

Abertura seletiva das fronteiras entre nações próximas criaria uma zona segura para viajantes e ajudaria a retomar a economia.

Neste Artigo:
&nbspTailândia diz que China e Japão estão interessados em ‘bolha de viagem’
Praia de Nai Harn em Pukhet, Tailândia (PM)

A Tailândia disse que vários países, incluindo China e Japão, estão interessados em discutir sobre bolhas de viagem (travel bubbles), enquanto a nação considera protocolos para eventual retorno de turistas estrangeiros.

Publicidade

Pactos para tornar viagens mais fáceis durante a era Covid-19 devem ser discutidos em uma reunião da Associação de Nações do Sudeste Asiático – ASEAN em 26 de junho, disse Bansarn Bunnang, adjunto do premiê da Tailândia, aos repórteres na quinta-feira (11).

O primeiro-ministro Prayuth Chan-Ocha participará da reunião através de videoconferência, disse ele. Algumas regiões chinesas, assim como o Japão, Coreia do Sul, Vietnã e Nova Zelândia também mostraram interesse em explorar a possibilidade de bolhas de viagem, disse Bansarn em Bangkok.

A Tailândia, que é dependente de turismo, pode nesta sexta-feira (12) descartar grande parte das restrições domésticas restantes após relaxar seu lockdown nas últimas semanas após uma queda nos casos de coronavírus. O turismo local já recomeçou.

Ao mesmo tempo, um estado de emergência está em curso até o fim de junho, fronteiras estão restritas e a maioria dos voos internacionais está proibida.

Anteriormente, Prayuth disse que a Tailândia planeja criar bolhas de viagem através de acordos bilaterais designados a manter o novo coronavírus sob controle quando as fronteiras do país forem reabertas.

O turismo contava por cerca de um quinto da economia do país sobre algumas medidas antes da pandemia ter paralisado viagens. Bolhas com países julgados como tendo o vírus sob controle poderiam permitir que visitantes retornassem sem estarem sujeitos exigências de quarentena.

Veja esta:

Um milhão de voluntários ajudam a Tailândia a reduzir infecções pelo coronavírus

 

Fonte: Bloomberg


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão