Pequim reimpõe restrições em meio ao ressurgimento de casos de coronavírus

Publicado em 17 de junho de 2020, em Ásia

Autoridades da cidade elevam nível de resposta de emergência e revertem medidas de reabertura.

Neste Artigo:
&nbspPequim reimpõe restrições em meio ao ressurgimento de casos de coronavírus
Vendedores de comida de rua em Pequim, de máscara (ilustrativa/PM)

O governo municipal de Pequim elevou seu nível de resposta de emergência à Covid-19 e reimpôs algumas medidas drásticas de controle de doenças após um novo cluster de infecções ter surgido na capital da China.

Publicidade

A resposta de emergência da cidade foi elevada pelo governo de Pequim em 1 grau, para o 2, o segundo mais alto dentre os 4 níveis de resposta à doença, disseram autoridades na noite de terça-feira.

A capital reverteu rapidamente as medidas de reabertura poucos dias após a maioria dos locais de entretenimento na cidade terem retomado os serviços.

Um ressurgimento da pandemia reacendeu desde a semana passada quando dezenas de novas infecções foram detectadas em conexão com o agora fechado mercado Xinfadi, um estabelecimento de alimentos atacadista que abastece 80% das carnes e vegetais da cidade.

Entre 11 e 15 de junho, 106 novos casos foram confirmados, todos ligados ao mercado, disse um oficial da cidade na terça-feira.

Pequim acrescentou 27 novos casos na segunda-feira, um pouco menos do que as 36 novas infecções reportadas no domingo (14), mostraram os dados oficiais mais recentes.

Escolas fechadas e restrição de viagens

O governo da cidade ordenou o fechamento de todas as escolas, restringiu viagens interprovinciais e expandiu testes do vírus dentre pessoas com risco mais alto de exposição. Complexos residenciais em áreas com maiores riscos foram isolados, de acordo com o governo da cidade.

Cerca de 40% dos voos de e para Pequim foram cancelados na terça-feira enquanto vários serviços interprovinciais de ônibus circulares foram suspensos, soube o jornal chinês Caixin.

Comparada às medidas de lockdown radicais aplicadas antes em Wuhan e em cidades no nordeste da China, Pequim adotou uma abordagem mais focada para limitar a movimentação em meio ao mais recente ressurgimento.

A cidade aplicou graus diferentes de restrições sobre pessoas de diferentes áreas com base em seus níveis de risco.

Aqueles de regiões consideradas altamente arriscadas serão proibidos de deixar a cidade ou serão solicitados a realizar um teste nucleico se tiverem que viajar, de acordo com o governo de Pequim.

Todos os casos recentemente confirmados em Pequim estavam ligados ao mercado Xinfadi, indicando transmissão entre contatos humanos e através de produtos contaminados, disse Chen Bei, vice-secretário-geral do governo municipal de Pequim, na noite de terça-feira em uma coletiva de imprensa.

Sob o nível 2 de resposta de emergência, trabalhar de casa é encorajado, enquanto o trabalho normal e produção não serão interrompidos, disse Chen.

Comunidades isoladas

Pequim reportou os primeiros casos na quinta-feira (11), quebrando uma sequência de 55 dias de zero ocorrências.

Como novas infecções continuaram a aparecer, oficiais isolaram 11 comunidades no distrito de Fengtai em torno do mercado Xinfadi e uma no distrito de Fangshan, no sudoeste, após infecções terem sido descobertas entre residentes no local, disse o governo da cidade na segunda-feira em seu site.

Cerca de uma dezena de mercados de alimentos também foram fechados.

A cidade de 20 milhões de pessoas disse que despachou 100 mil trabalhadores comunitários para bater à porta das casas dos residentes e rastrear cerca de 200 mil que estavam expostos ao mercado Xinfadi.

Pequim, com capacidade de testar mais de 90 mil indivíduos diariamente, testou mais de 70 mil só no domingo, disseram autoridades da cidade.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão