Novos casos de coronavírus na China preocupam OMS

Publicado em 16 de junho de 2020, em Ásia

Segundo autoridades chinesas, os casos de infecção até agora haviam sido ligados ao mercado Xinfadi, o qual 200 mil pessoas visitaram desde 30 de maio.

Neste Artigo:
&nbspNovos casos de coronavírus na China preocupam OMS
Todos os casos de infecção até agora foram ligados ao mercado Xinfadi, o qual 200 mil pessoas visitaram desde 30 de maio (NHK)

Nesta terça-feira (16), a China registrou outros 27 casos de coronavírus com transmissão local em Pequim, onde um novo cluster (aglomerado) ligado a um mercado atacadista suscitou preocupação da Organização Mundial da Saúde – OMS e levou a um amplo programa de rastreamento e testes.

Publicidade

Os novos casos levam o número de novas infecções na capital ao longo dos últimos 5 dias para 106, enquanto oficiais isolaram mais de 20 comunidades na cidade e testaram dezenas de milhares de pessoas.

Todos os locais cobertos de esportes e entretenimento na cidade foram fechados na segunda-feira (15), e algumas cidades na China alertaram que elas colocariam em quarentena aqueles que chegassem de Pequim.

A Comissão Nacional de Saúde também registrou 4 novas infecções domésticas na província de Hebei, que faz fronteira com Pequim, e mais uma outra na província de Sichuan, no noroeste do país.

A OMS disse que o novo cluster era motivo de preocupação, dada a conectividade e tamanho de Pequim.

“Um cluster como esse é uma preocupação e precisa ser investigado e controlado – e isso é exatamente o que as autoridades chinesas estão fazendo”, disse o diretor de emergências da OMS Mike Ryan.

Oficiais chineses disseram no domingo (14) que todos os casos de infecção até agora haviam sido ligados ao mercado Xinfadi, o qual 200 mil pessoas visitaram desde 30 de maio.

Mais de 8 mil trabalhadores do mercado foram testados e enviados a instalações de quarentena centralizadas.

Até esse surto recente, a maioria dos casos nos últimos meses na China foram os constatados em cidadãos chineses chegando de outros países.

Nesta terça-feira houve outros 8 casos importados.

Fonte: France 24


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão