Coronavírus provavelmente começou a se espalhar na China no outono passado

Publicado em 23 de junho de 2020, em Ásia

Encontrar a origem requer cooperação e informação do governo chinês.

Neste Artigo:
&nbspCoronavírus provavelmente começou a se espalhar na China no outono passado
Ilustração 3D do coronavírus (PM)

É provável que o novo coronavírus tenha começado a se espalhar na China no outono passado, de acordo com análises separadas de seu genoma realizadas por equipes de pesquisa no Reino Unido e em outros lugares.

Publicidade

Essas análises, as quais cobrem toda informação genética sobre o vírus, indicam a atual transmissão de pessoa para pessoa antes do primeiro paciente ter sido confirmado na cidade chinesa de Wuhan. Mas nenhuma pista confirma de onde o vírus veio ou como ele se transformou, deixando um mistério ainda mais profundo.

Embora evidência sugira que originalmente o coronavírus tenha vindo de morcegos, continua incerto se ele foi transmitido diretamente aos humanos ou chegou às pessoas através de um outro animal.

O primeiro paciente confirmado com pneumonia causada pelo coronavírus foi identificado em 8 de dezembro, de acordo com a cidade de Wuhan. Médicos chineses reportaram ao The Lancet, um jornal médico líder no Reino Unido, que esse paciente começou a exibir sintomas em 1º de dezembro. Mas muitas questões rodeiam se esse foi realmente o primeiro caso.

Equipes no mundo estão analisando o genoma do vírus para descobrir quando ele foi transmitido aos humanos e informação está sendo coletada em uma base de dados internacional. Traçar as mutações do vírus pode revelar quando a transmissão de pessoa para pessoa começou.

Pesquisadores no University College London estimam que as infecções entre pessoas começaram entre 6 de outubro e 11 de dezembro, baseados em informação genética sobre o vírus coletadas de 7,5 mil pacientes na China, Europa, EUA e outros lugares. A equipe sugere que o vírus se espalhou além da China bem antes e eventualmente causou a pandemia.

Uma equipe separada da Universidade de Cambridge no Reino Unido estima que as infecções se espalharam para as pessoas entre meados de setembro e início de dezembro, baseados em um estudo de material genético de cerca de mil pessoas.

A pesquisa da Cambridge também sugere que o vírus pode não ter se originado em Wuhan.

Uma ancestral comum ao novo coronavírus, que está próximo de um tipo encontrado em morcegos, parece ter se originado na China, disse Peter Forster, membro do Instituto McDonald para Pesquisa Arqueológica na Cambridge. Mas esse ancestral havia sido encontrado com mais frequência fora de Wuhan, como mais ao extremo sul na província de Guangdong, até meados de janeiro.

A pesquisa para quando e onde o surto começou também empregou outros tipos de análises.

A Universidade de Harvard, recentemente, usou imagens de satélite para determinar que a taxa de utilização de estacionamentos em grandes hospitais em Wuhan aumentou significativamente em agosto passado. Especialistas dizem que enquanto esse tipo de análise seja inconclusivo, a imagem dos estacionamentos poderiam estar relacionadas à Covid-19.

Relatórios também sugerem que o vírus chegou à Europa e aos Estados Unidos e começou a se espalhar bem antes do que o imaginado. O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA publicou um relatório antecipado o qual disse que a doença pode ter começado a se espalhar no país entre o fim de janeiro e início de fevereiro.

Originalmente, a China disse que o vírus começou nos mercados de rua de Wuhan, mas depois emitiu uma retração. Pequim também negou afirmações da administração do presidente dos EUA Donald Trump de que o vírus saiu de uma instalação de pesquisa de Wuhan.

A Organização Mundial da Saúde diz que é incerto que o vírus tenha se originado nos mercados de Wuhan. A OMS está considerando despachar uma equipe de pesquisa para auxiliar esforços internacionais em rastrear o vírus a sua origem, mas encontrar a fonte exigirá cooperação e informação do governo chinês.

Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão