Coreia do Sul ainda cautelosa em relação aos relatos sobre saúde de Kim Jong-un

Publicado em 27 de abril de 2020, em Ásia

Rumores e especulação sobre a saúde de Kim Jong-un começaram após ele não ter feito aparição pública em um importante feriado de estado em 15 de abril.

Neste Artigo:
&nbspCoreia do Sul ainda cautelosa em relação aos relatos sobre saúde de Kim Jong-un
O líder norte-coreano Kim Jong-un (Wikimedia/The Presidential Press and Information Office)

Oficiais sul-coreanos estão pedindo cautela em meio a relatos de que o líder norte-coreano Kim Jong-un possa estar doente ou isolado por preocupações em relação ao novo coronavírus, enfatizando que eles não detectaram movimentos incomuns na Coreia do Norte.

Publicidade

Em um fórum a portas fechadas realizado no domingo (26), o Ministro da Unificação da Coreia do Sul, Kim Yeon-chul, que supervisiona o engajamento com o Norte, disse que o governo tem as capacidades de informação para dizer com confiança que não havia indicações de algo incomum.

Sem aparição pública desde 15 de abril

Rumores e especulação sobre a saúde do líder norte-coreano começaram após ele não ter feito aparição pública em um importante feriado de estado em 15 de abril, e desde então ficou longe de vista.

Na semana passada, a mídia sul-coreana divulgou que Kim pode ter sido submetido a uma cirurgia cardiovascular ou estava em isolamento para evitar exposição ao novo coronavírus.

O ministro da unificação levantou dúvidas sobre o relato de cirurgia, argumentando que o hospital mencionado não tinha as capacidades para uma operação do tipo.

Mesmo assim, Yoon Sang-hyun, chefe do comitê de unificação e de relações estrangeiras na Assembleia Nacional da Coreia do Sul, disse em uma reunião de especialistas na segunda-feira (27) que a ausência de Kim Jong-un dos olhos do público sugere “que ele não vem trabalhando normalmente”.

“Não houve qualquer reportagem mostrando ele tomando decisões políticas como de costume desde 11 de abril, o que nos levar a assumir que ele ou está doente ou sendo isolado por causa de preocupações com o coronavírus”, disse Yoon.

A Coreia do Norte disse que não confirmou casos do coronavírus, mas alguns especialistas internacionais lançaram dúvidas sobre a afirmação.

Na segunda-feira, a mídia estatal norte-coreana mais uma vez não mostrou novas fotos de Kim nem reportou sobre seu paradeiro.

Entretanto, eles realizaram reportagens de que ele havia enviado uma mensagem de gratidão aos trabalhadores que estão construindo um resort turístico em Wonsan, uma área onde algumas mídias sul-coreanas disseram que Kim pode estar.

“A posição de nosso governo é firme”, disse Moon Chung-in, o principal conselheiro de política estrangeira para o presidente sul-coreano Moon Jae-in, em comentários a veículos de mídia nos Estados Unidos.

“Kim Jong-un está vivo e bem. Ele está na área de Wonsan desde 13 de abril. Nenhum movimento suspeito foi detectado até agora”.

Imagens de satélite do trem especial de Kim

Imagens de satélite da semana passada mostraram um trem especial em Wonsan, possivelmente de propriedade de Kim, colocando força nas reportagens, de acordo com o 38 North, um projeto de monitoramento sobre a Coreia do Norte sediado em Washington.

Embora o grupo tenha dito que era provavelmente o trem pessoal do líder norte-coreano, a agência Reuters não conseguiu confirmar isso de forma independente, ou se ele estava em Wonsan.

Uma porta-voz para o Ministério da Unificação disse na segunda-feira que ela não tinha nada para confirmar quando questionada por repórteres de que Kim estava em Wonsan.

China despacha equipe médica para a Coreia do Norte

Na semana passada, a China despachou uma equipe para a Coreia do Norte incluindo especialistas na área médica para assessorar Kim Jong-un, de acordo com três pessoas familiares com a situação.

A Reuters não conseguiu determinar imediatamente o que a viagem da equipe chinesa sinalizou em termos da saúde de Kim.

Na sexta-feira (24), uma fonte sul-coreana disse à Reuters que as informações deles eram que Kim estava vivo e provavelmente faria uma aparição em breve.

Kim já desapareceu da cobertura da mídia em outras ocasiões

Especialistas alertaram que Kim já desapareceu da cobertura da mídia estatal antes, e que reunir informação precisa na Coreia do Norte é notoriamente difícil.

Kim já desapareceu por 1 mês em 2014 e a mídia estatal norte-coreano posteriormente mostrou o líder andando com ajuda de uma bengala.

Fonte: Agência Reuters


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão