Número de mortos do tufão Phanfone nas Filipinas sobe para 47

Publicado em 30 de dezembro de 2019, em Ásia

O tufão Phanfone tocou o solo na província de Samar, no leste do país, em 24 de dezembro, trazendo forte chuva e marés de tempestade.

Neste Artigo:
&nbspNúmero de mortos do tufão Phanfone nas Filipinas sobe para 47
Imagem de satélite do Phanfone em 24 de dezembro de 2019 (Wikimedia/ational Aeronautics and Space Administration)

O número de mortes em decorrência de um forte tufão que atingiu as Filipinas ao longo do Natal aumentou para 47, com outras 9 pessoas ainda desaparecidas, disseram na segunda-feira (30) autoridades locais.

Publicidade

O tufão Phanfone, conhecido localmente como Ursula, tocou o solo na província de Samar, no leste do país, em 24 de dezembro, trazendo forte chuva e marés de tempestade. Ele atingiu a área com força equivalente à de um furacão categoria 1, trazendo ventos sustentados com velocidade de 150Km/h e rajadas de 195 Km/h.

Ele então passou pelas ilhas no leste na região de Visayas, sul de Luzon e oeste de Visayas no dia de Natal, causando interrupção disseminada de viagens ao longo do período movimentado de Natal em uma região de maioria católica. Imagens da área mostraram detritos bloqueando estradas, poste caídos, casas destruídas e pessoas amontoadas em centros de evacuação.

No total, cerca de 2 milhões de pessoas foram afetadas, mais de 387 mil casas danificadas e 143 pessoas ficaram feridas, disse o Conselho de Gestão de Desastre Nacional das Filipinas e Redução de Risco (NDRRMC) na segunda-feira.

Segundo o NDRRMC, o tufão causou cerca de 21.3 milhões de dólares em danos à infraestrutura e agricultura.

Algumas áreas turísticas, incluindo a popular ilha de Boracay, também sofreram danos. O Aeroporto Internacional de Kalibo que fica nas proximidades foi temporariamente fechado e voos foram cancelados após o tufão ter danificado o teto do terminal, de acordo com um assessor da Philippine Airlines.

Um total de 116 voos domésticos e três internacionais foram cancelados por causa da tempestade, mas as operações na região já foram retomadas.

As Filipinas são atingidas por mais tufões do que qualquer outro país, de acordo com a Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos (PAGASA).

No início deste mês o tufão Kammuri, o 21º a atingir o país em 2019, deixou 13 mortos e danificou mais de 8 mil casas.

Fonte: CNN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão