Apreensão recorde de quase ¥300 milhões em cédulas falsificadas

Publicado em 10 de abril de 2019, em Ásia

A apreensão de 288,79 milhões de ienes em cédulas falsificadas foi feita em Taiwan, a maior da história. Saiba como foi.

Neste Artigo:
&nbspApreensão recorde de quase ¥300 milhões em cédulas falsificadas
Mais de 22 mil cédulas de ¥10.000 falsificadas na casa de idosa (Mainichi e JNN)

Equipes da Promotoria de Taipei e patrulha marítima informaram na terça-feira (9) a prisão de uma mulher de 67 anos, de Nova Taipei, com 288,79 milhões de ienes em mais de 22 mil cédulas falsificadas.

Publicidade

A idosa contou para as autoridades locais que contrabandeou o equivalente a 500 milhões de ienes da China. Já vendeu metade por 8 a 8,5 mil ienes cada cédula falsa, e mantinha a outra metade em casa.

O argumento de vendas é que mesmo as cédulas sendo antigas, as quais saíram de circulação em 1986, poderiam ser usadas. Elas têm a estampa do Príncipe Shotoku (Shotoku Taishi), que viveu entre 574 a 622 d.C.

A operação conjunta foi desenvolvida depois de terem recebido informações do Japão a respeito de cédulas da moeda japonesa, falsificadas, naquele país.

Contrabando de cédulas falsificadas da China

&nbspApreensão recorde de quase ¥300 milhões em cédulas falsificadas
Cédula falsificada de ¥10.000 já fora de circulação (Mainichi)

A idosa presa contou que fez o contrabando de 50 mil cédulas falsas em 2012, por avião, vindo da China.

Também foram encontrados na casa dela 3 milhões de dólares americanos, todos igualmente falsificados.

A criminosa registrava as vendas em um caderno, o qual foi apreendido junto com as cédulas falsas, as quais tinham numeração de série duplicadas.

As autoridades taiwanesas estão verificando as rotas de venda, já que há indício de um intermediário que vendia em vários países da Ásia.

Em 2016 um japonês foi preso pelo porte de 119 milhões de ienes falsificados, pelas autoridades do Aeroporto Internacional de Taoyuan, na capital.

As autoridades locais suspeitam que há uma organização criminosa na China, responsável pelas falsificações sistemáticas.

Fontes: JNN e Mainichi 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
IKAI - Empregos no Japão!
Banco do Brasil