Ônibus cai de ponte após mulher agredir motorista

Publicado em 2 de novembro de 2018, em Ásia

O ônibus foi retirado do rio na quarta-feira (31) e mergulhadores até agora recuperaram 13 corpos. Dois ainda estão desaparecidos.

Neste Artigo:
 Ônibus cai de ponte após mulher agredir motorista
Câmera interna do ônibus mostra a mulher agredindo o motorista (China Xinhua News)

Uma mulher que agrediu um motorista de ônibus após ela ter perdido seu ponto foi parcialmente responsável por um acidente dramático no sudoeste da China, o qual causou a morte de todas as 15 pessoas a bordo, revelou na sexta-feira (2) uma investigação realizada por autoridades chinesas.

Publicidade

Um vídeo de 10 segundos da câmera do ônibus divulgado pela polícia de Chongqing mostrou uma passageira gritando com o motorista enquanto ele dirigia, logo depois das 10h de domingo, 28 de outubro.

A mulher de 48 anos então agrediu o motorista com o celular, enquanto ele se defendia com seu braço direito.

Quando a passageira agrediu o homem mais uma vez, ele virou o volante de forma abrupta para a esquerda, desviando para o sentido contrário do tráfego antes de bater nas grades no lado da ponte. Gritos podem ser ouvidos quando o vídeo é interrompido.

A divulgação do vídeo traz um fim ao mistério em torno da causa do acidente fatal, o qual atraiu a atenção na China em meio a uma extensa cobertura televisiva de um esforço massivo de busca e resgate.

Por dias após o acidente, o ônibus Nº22 ficou no fundo do Rio Yangtze, em águas a mais de 70 metros de profundidade.

 Ônibus cai de ponte após mulher agredir motorista
Imagens da câmera de outro carro mostram o momento que ônibus atinge a ponte e cai no rio (China Xinhua News)

Imagens da câmera do painel de um outro carro que estava perto, divulgadas antes, haviam mostrado o ônibus indo para o lado contrário da estrada antes de atingir as grades da Ponte Wanzhou Yangtze Nº2 e caindo no rio.

A polícia disse que juntou os acontecimentos com base em imagens do gravador a bordo, que foi recuperado pelos mergulhadores, assim como 2.300 horas de vídeos de vigilância ao longo da rota do ônibus e inúmeros relatos de testemunhas.

Em suas descobertas, as autoridades culparam o motorista de 42 anos por não seguir os procedimentos de segurança apropriados, mas descartou quaisquer anormalidades em seu estado mental. O ônibus também não apresentava qualquer problema mecânico.

A declaração concluiu que tanto a passageira como o motorista violaram as leis por ameaçar gravemente a segurança pública.

O ônibus foi retirado do rio na quarta-feira (31) e mergulhadores até agora recuperaram 13 corpos. Dois ainda estão desaparecidos.

Fonte: CNN
Imagem: China Xinhua News


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
UNIP Faculdade à distância
Kumon - Estude japonês!