Bebê nasce 4 anos após a morte dos pais

Publicado em 13 de abril de 2018, em Ásia

O bebê nasceu na China gestado por mãe de aluguel 4 anos após seus pais terem morrido em um acidente de carro.

Neste Artigo:
&nbspBebê nasce 4 anos após a morte dos pais
O menino nasceu em dezembro fruto de uma barriga de aluguel de Laos (imagem ilustrativa)

Um bebê nasceu na China gestado por uma mãe de aluguel quatro anos após seus pais terem morrido em um acidente de carro, divulgou a mídia chinesa.

Publicidade

O casal, que morreu em 2013, havia congelado seus embriões fecundados na esperança de ter uma criança através de fertilização in vitro.

Após o acidente, os pais do casal enfrentaram uma longa batalha jurídica para ter permissão sobre o uso dos embriões.

O menino nasceu em dezembro fruto de uma barriga de aluguel de Laos e a Beijing News divulgou sobre o caso pela primeira vez nesta semana.

O jornal explicou como a ausência de precedentes para um caso desse tipo havia obrigado os pais do casal falecido a enfrentar um verdadeiro campo minado judicial antes que fossem autorizados a gestar os embriões usando a barriga de aluguel.

Sem precedentes

Na época do acidente, os embriões foram armazenados de forma segura em um hospital em Nanquim e congelados a uma temperatura de 196 graus negativos em um tanque de nitrogênio líquido.

Uma batalha no tribunal deu o direito dos óvulos fertilizados aos quatro avós.

Não havia precedente em relação a se eles poderiam herdar os embriões congelados de seus filhos falecidos, de acordo com relatos.

Eventualmente, os embriões foram garantidos a eles, mas não durou muito até outro problema ocorrer. Os embriões só poderiam ser levados do hospital em Nanquim se houvesse prova de que outro hospital os armazenaria.

Contudo, dada a incerteza jurídica sobre os embriões não transplantados, foi difícil encontrar outra instituição médica na China disposta a se envolver no caso.

E com a barriga de aluguel proibida na China, a única opção real foi olhar além das fronteiras do país.

Provando a paternidade e nacionalidade

Eventualmente, os futuros avós procederam com uma agência e decidiram por Laos, onde a comercialização de barrigas de aluguel era autorizada.

Como nenhuma empresa aérea aceitou transportar um recipiente de nitrogênio líquido do tamanho de uma garrafa térmica, a carga preciosa teve que ser levada de carro.

Em Laos, o embrião foi implantado no útero da mãe de aluguel e em dezembro de 2017 o menino nasceu.

No entanto, a nacionalidade do menino, que se chama Tiantian, foi outro problema e então ele nasceu não em Laos, mas na China – com a mãe de aluguel viajando até lá com um simples visto de turista.

Sem pais para provar a paternidade, todos os quatros avós forneceram sangue e realizaram um teste de DNA para determinar que o bebê era de fato o neto deles e que os pais biológicos do bebê eram cidadãos chineses.

Fonte: CNN
Imagem: Bank Image


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão