Dia mais frio da temporada e comida quentinha para vítimas do tufão

Publicado em 16 de outubro de 2019, em Informações

A manhã de quarta-feira foi a mais fria deste outono, incluindo as áreas de desastres causados pelo tufão. Vítimas aquecidas pela solidariedade.

Neste Artigo:
&nbspDia mais frio da temporada e comida quentinha para vítimas do tufão
Imagem de Rikubetsu-co por volta das 6h30, com temperatura abaixo de zero (ANN)

Mais da metade do arquipélago registrou a manhã mais fria deste outono na quarta-feira (16). 

Publicidade

Em Marumori (Miyagi) a mínima foi de 5,4ºC e em Okutama (Tóquio), 9,8ºC. E em Hokkaido o registro por volta das 6h30 em Rikubetsu-cho foi de -4.9ºC. Foram encontradas temperaturas abaixo de 0 em 91 dos pontos de observação do país, o maior número desta temporada. 

Nas áreas afetadas pelo tufão a previsão é de mais frio na quinta-feira (16), o que requer cuidado. Outra preocupação é a previsão de chuva nas áreas com desastres causados pelo tufão, podendo ocorrer novos deslizamentos. 

Comida quentinha para vítimas do tufão

Com as baixas temperaturas um prato quente aquece não só o estômago de quem recebe, especialmente se estiver no abrigo.

&nbspDia mais frio da temporada e comida quentinha para vítimas do tufão
Gyudon, a tigela de arroz com carne da Sukiya (NHK)

A rede Sukiya levou sua cozinha móvel para o salão público central de Iwaki (Fukushima). Nos 3 locais de evacuação serviu cerca de 200 tigelas – donburi – quentinhas desde as 6h30. 

Pretende repetir a mesma ação em outro local onde estão os desabrigados, por volta das 11h30 de quinta-feira (17). 

Fontes: ANN e NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão