‘Orquídea misteriosa’ de ilha do Japão é vista pela primeira vez desde 1938

Publicado em 21 de novembro de 2017, em Curiosidades

Julgada extinta por quase 8 décadas, uma rara orquídea das ilhas Ogasawara desabrocha novamente em um jardim botânico na província de Ibaraki.

Neste Artigo:
 ‘Orquídea misteriosa’ de ilha do Japão é vista pela primeira vez desde 1938
Imagem da Liparis hostifolia (Jardim Botânico de Tuskuba do Museu Nacional de Natureza e Ciência)

Uma espécie de orquídea que acreditava-se estar extinta foi encontrada pela primeira vez em 79 anos nas ilhas Ogasawara, que pertence a Tóquio, anunciou o Museu Nacional de Natureza e Ciência em 17 de novembro.

Publicidade

A orquídea “shimakumokiriso” (Liparis hostifolia) é uma planta misteriosa. Sendo uma parente próxima de orquídeas que vivem em regiões com climas mais frios, não se sabe como ela veio a habitar as ilhas subtropicais de Ogasawara. As respostas para isso e outras questões são esperadas com essa nova descoberta.

Uma equipe de pesquisa formada por membros do Governo Metropolitano descobriram em junho em uma floresta a cerca de 700 metros acima do nível do mar em Minami Iwo-to, a cerca de 300 quilômetros ao sul de Chichijima, o bulbo de uma flor de espécie desconhecida que ainda não havia desabrochado.

Três bulbos da planta foram colhidos como amostras para o Museu Nacional do Jardim Botânico de Tsukuba (Ibaraki) a fim de serem cultivados. Em 16 de novembro, uma flor com nervura roxa com cerca de 1 centímetro de diâmetro desabrochou a partir de uma planta de 12 centímetros de altura. A partir do formato da pétala e do DNA, descobriu-se que a planta era um exemplar da orquídea Liparis hostifolia.

Visto que as ilhas Ogasawara nunca foram conectada ao continente e estão localizadas a cerca de mil quilômetros da ilha central de Honshu, elas ostentam um tesouro de plantas únicas. No entanto, essas espécies únicas ou foram extintas ou ameaçadas devido ao desenvolvimento das ilhas e espécies invasivas. A orquídea foi vista pela última vez em Chichijima, uma das ilhas de Ogasawara, em 1938.

As pessoas são proibidas de entrar em Minami Iwo-to, uma das ilhas de Ogasawara, onde a orquídea foi redescoberta, e isso pode ser a razão pela qual ela conseguiu sobreviver. A rara orquídea estará em exibição pública no Jardim Botânico de Tsukuba entre os dias 19 e 26 de novembro.

Fonte e imagem: Mainichi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!