Rigidez no pescoço e ombros aumentam no período das chuvas

Publicado em 6 de junho de 2019, em Saúde, Bem-Estar e Cotidiano

O resultado de uma pesquisa mostra que grande parte das pessoas na faixa dos 20 aos 50 anos são afetadas pelo mal-estar causado no período das chuvas.

Neste Artigo:
&nbspRigidez no pescoço e ombros aumentam no período das chuvas
Chuva versus ‘kori’ ou rigidez dos ombros e pescoço (MaxPixel e Wikipedia)

Dores que afetam as regiões do pescoço e ombros, chamadas de cervicalgia e rigidez dos ombros, ou kubikori e katakori em japonês, aumentam durante a passagem das áreas de baixa pressão, indica resultado de uma pesquisa.

Publicidade

Isso ocorre com frequência no período das chuvas a condição atmosférica se torna instável, em geral, em junho e parte de julho, antes do verão.

O resultado foi divulgado pela Associação de Pesquisa do Bem-Estar da Mulher, da empresa Kao, em junho, de uma pesquisa conduzida por uma médica, a qual entrevistou 609 pessoas da região metropolitana, na faixa etária dos 20 aos 50.

A grande maioria – 69% – apontou mal-estar nessa época. As dores atingem especialmente as mulheres na faixa dos 20 anos (32%). Na faixa dos 30 há uma pequena queda (24%), na faixa dos 40 (27%) e menor ainda na faixa dos 50 (15%) desse público.

A área de baixa pressão passa pelo Japão pelo menos 100 vezes ao ano. No período chuvoso a incidência aumenta: pelo menos 1 vez a cada 2 dias.

A cada passagem dessa área de baixa pressão podem ocorrer outros transtornos no corpo como lombalgia – dor na região lombar, dores nas articulações e de ferimento antigo, além de cólica menstrual.

O que fazer

Com o aumento da umidade a tendência é ligar o ar-condicionado para “secar” ou resfriar o ambiente. Isso pode causar friagem nas áreas do pescoço e ombros, piorando o quadro. Para evitar que essas regiões fiquem geladas a recomendação é usar algo para se proteger, como uma toalha, roupa com gola ou uso de echarpe.

&nbspRigidez no pescoço e ombros aumentam no período das chuvas
Para alívio da rigidez do pescoço e ombros faça ‘alongamento’ das orelhas (Wikipedia e Kao)

Outra coisa bem fácil de fazer é a automassagem nas orelhas. Comece pegando os lóbulos. Primeiro, puxe-os para baixo, segurando com os dedos das mãos. Depois, puxe-os para a lateral. Cada movimento desses deve ser de 5 a 10 segundos. Depois, pegue a parte central e externa e puxe para fora, depois para cima e para baixo, sempre de 5 a 10 segundos.

Fazendo esse “alongamento” das orelhas ajuda bastante a aliviar os sintomas da rigidez muscular.

Outra atitude é procurar um massagista ou massoterapeuta para uma boa sessão relaxante. Receber massagem 1 vez por semana ajuda.

Mulheres com pouca musculatura tem tendência a ter mais dores, por isso, é importante fortalecer os músculos.

Pode-se fazer prevenção das dores com a correção postural, especialmente se manuseia muito o smartphone ou trabalha longas horas sentado.

Fonte: Kii Minpo


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!
Easy Car Ride, carros e financiamentos