‘Kafunsho’ e sua relação com o sistema imunológico

Publicado em 25 de fevereiro de 2019, em Saúde, Bem-Estar e Cotidiano e atualizado em 8 de março de 2019 as 3:19 PM

Na época dos pólens o melhor é tomar cuidados com o corpo e mente para evitar a indesejável e incômoda polinose ou febre do feno.

Neste Artigo:
 ‘Kafunsho’ e sua relação com o sistema imunológico
‘Kafunsho’ (Takeda)

A incômoda polinose, febre do feno ou rinoconjuntivite alérgica sazonal, chamada de kafunsho em japonês, é um dos inconvenientes antes e durante a primavera. É uma reação alérgica aos pólens do cipreste e cedro, em grande quantidade na atmosfera.

Publicidade

Em geral, as pessoas acometidas com a febre do feno devem cuidar do seu sistema imunológico e gerenciar o estresse.

Quem explica sobre isso é um médico, especialista em alergias, imunidade e vírus, autor de diversos livros, doutor Takahiro Kiyomasu, em entrevista para a revista Dime.

As pessoas podem usar vários produtos como máscaras, sprays, pomadas, óculos, entre outros, para prevenção, mas devem tomar cuidado com seu estado de saúde.

Segundo o médico uma das primeiras coisas é reavaliar a ingestão de bebidas alcoólicas. O álcool é um vasodilatador, ou seja, expande os vasos sanguíneos, o que pode piorar a situação para quem sofre dessa alergia.

 ‘Kafunsho’ e sua relação com o sistema imunológico
Bom sono (Public Domain Pictures)

Outras situações que requerem atenção são a falta de bom sono – dormir pouco ou tarde demais – e estresse. Esses são fatores para desequilibrar o sistema nervoso autônomo. Ele é o responsável para controlar funções importantes como a respiração, a circulação sanguínea, temperatura do corpo e também a digestão. Além disso, funciona como controle do corpo diante das modificações ambientais.

O que é bom para o sistema imunológico

Por isso, é importante ingerir alimentos que contenham bactérias ácido láticas como os lactobacilos, por exemplo, para melhorar o sistema imunológico. No Japão, um desses alimentos é o natto (leia a matéria tocando aqui). Outros são os iogurtes, principalmente o R-1, GG e LG21.

 ‘Kafunsho’ e sua relação com o sistema imunológico
Da esq. p/ dir. natto, iogurte e chá verde

Também pode fazer uso de suplementos como pó das plantas moringa, astragalus e equinácea, além do própolis. Além disso, procurar alimentos ricos ou suplementação de vitaminas C, B6 e D, e também ômega 3.

Pode se servir do chá verde, 3 vezes ao dia, pois contém bastante catequina, um fitonutriente da família dos polifenóis, com forte ação antioxidante. Além disso contém L-Teanina, um aminoácido que ajuda  ajuda a reduzir o estresse e tem grande efeito no aumento da imunidade, segundo o resultado de uma pesquisa da Universidade de Shizuoka.

Fatos sobre a polinose

A polinose não tem nada a ver com a herança genética, tampouco é contagiosa. Ela pode diminuir com o avanço da idade. Na faixa dos 50 observa-se queda de 33% e aos 70 diminuição de 11%. Mas, segundo o médico, há idosos que repentinamente se tornam alérgicos aos pólens, portanto, o ideal é gerenciar a o sistema imunológico.

Há possibilidade de desenvolver esse quadro quando se constata alergia aos pelos dos animais como gato e cachorro, na infância.

Como o estresse provoca queda do sistema imunológico, pode ser que nesse período, o quadro piore. Por isso, os cuidados com a saúde nesta época são importantes.

Fontes: Dime e WN


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!