Imposto sobre veículos: em maio chega a fatura

Publicado em 7 de maio de 2020, em Dicas Especiais

Em meio à crise desencadeada pelo novo coronavírus chega a fatura do imposto sobre veículos. O que acontece se não pagar?

Neste Artigo:
&nbspImposto sobre veículos: em maio chega a fatura
Boleto para pagamento do imposto sobre veículo (PM)

Maio é o mês que toda a pessoa que possui um veículo de 2, 3 ou 4 rodas recebe o boleto para pagamento do imposto sobre veículo. 

Publicidade

Se ainda não recebeu durante o feriado de Golden Week irá recebê-lo em breve e o prazo é até 31 deste mês.

Em meio à pandemia do novo coronavírus freelancers, donos de estabelecimento comercial e até pessoas físicas devem estar com dificuldade em pagar o imposto. 

Imposto sobre veículos de 2, 3 e 4 rodas de placa amarela

Toda pessoa física ou jurídica que adquire um veículo de 2 e 3 rodas, além do chamado leve (kei) de placa amarela, até 1.º de abril é alvo de pagamento desse imposto para a prefeitura da cidade onde reside. 

No caso das motonetas irá pagar entre 2 a 2,4 mil ienes e em relação à motocicleta, se for de 125cc até 250cc pagará 3,6 mil e acima de 250cc a tarifa é de 6 mil ienes.

O veículo kei é taxado a 10,8 mil ienes, para pessoa física. No caso de usá-lo para fins comerciais o valor muda, para baixo.

&nbspImposto sobre veículos: em maio chega a fatura
Notificação do imposto referente ao ano 2 da era Reiwa (PM)

Imposto sobre veículos de 4 rodas

No caso de imposto sobre automóveis, o valor depende da classificação em 10 categorias e é cobrado pela província.

Por exemplo, o valor é menor para os de 1.000cc ou menos, de 29.500, de 1.001cc a 1.500cc é de 34.500, de 1.501cc a 2.000cc é de 39.500, 2.001cc a 2.500cc é de 45.000 e o mais alto, de 6.000cc ou mais é 111.000 ienes. 

Veículos de pessoas com deficiência

Para quem tem carro, seja o de placas branca ou amarela, e tem um certificado de deficiência ou invalidez, existe um sistema de redução e até de isenção do imposto. Por isso, se ainda não faz uso disso, leve o certificado à prefeitura e solicite o seu direito. 

O que acontece se atrasar ou não pagar 

Se o proprietário do veículo não pagar até a data final do prazo irá pagar juros. Se pagar em 1 mês após a data de vencimento a taxa é de 2,6%. Caso ultrapasse um mês o cálculo será baseado nos 8,9% ao ano, calculado pelos dias de atraso. 

Outro problema é que não será possível efetuar a inspeção obrigatória chamada de shaken (車検). 

Caso esteja com dificuldade de pagar o imposto a recomendação é avisar o Departamento de Impostos da Prefeitura (veículo kei) ou o Departamento de Impostos da Província (veículo com placa branca). Se não fizer isso, por volta de setembro poderá receber uma notificação de penhora. Ou seja, seu veículo ou o saldo de sua conta bancária poderá ser apreendido para execução da dívida.

Por isso, o ideal é explicar a situação no departamento para solicitar parcelamento e não entrar na lista do devedor. 

Fontes: Cliccar, Sony Sonpo e Best Car


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!