Japão: benefício de até ¥200 mil para estudantes

Publicado em 20 de maio de 2020, em Auxílios e subsídios

O governo japonês decidiu por mais um benefício para ajudar os estudantes em situação difícil por causa do coronavírus, para que não desistam da escola.

Neste Artigo:
&nbspJapão: benefício de até ¥200 mil para estudantes
Cédula de 10 mil ienes (PM)

Na reunião de gabinete, na terça-feira (19), o governo decidiu implementar um novo benefício em dinheiro para estudantes que sofrem financeiramente por causa dos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

Publicidade

Koichi Hagiuda, Ministro da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão informou que o alvo são estudantes e que esse benefício “é importante apoiá-los firmemente para que não desistam de seus estudos”.

Muitos deles, estimados em 430 mil pessoas, dependem do arubaito para bancar seus estudos. E a grande maioria deixou de trabalhar porque as empresas fecharam temporariamente, ficando sem renda. 

Estudantes alvo dos 100 e 200 mil ienes

Para quem teve queda nos rendimentos irá receber 100 mil e para as famílias de baixa renda que ajudam o filho a estudar receberão 200 mil ienes.

Esse benefício é destinado aos estudantes nas universidades públicas e privadas, incluindo os pós-graduandos. Também para estudantes em faculdades de curta duração, escolas e colégios técnicos. São alvo, inclusive, os estudantes que vieram ao Japão para estudar em faculdade ou curso técnico e também os que vieram de outros países para frequentar escola de língua japonesa.

O procedimento para obtenção desse benefício deve ser feito diretamente na escola onde está matriculado.

Grupo que lutou pelo benefício achou pouco

Como o benefício é de emergência o governo usará fundos de reserva para pagamento imediato e o montante total de apoio será de 53 bilhões de ienes.

Com relação ao apoio a alunos carentes, o MEXT aplicará o sistema iniciado em abril. O primeiro orçamento suplementar de 700 milhões de ienes será fornecido como subsídio às universidades que prestam apoio ao aluno, como redução e isenção de matrícula.

Em resposta a isso, um grupo de estudantes que luta pela redução das despesas escolares pela metade realizou uma coletiva de imprensa dizendo que “o apoio ao estudante avançou, mas é muito estreito”. Declarou que continuará buscando por mais.

Caso tenha filho ou parente matriculado em uma das instituições de ensino superior ou técnico leia o comunicado do MEXT tocando aqui.

Fontes: MEXT, FNN e Asahi 


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!