Centopeia gigante: nova espécie descoberta depois de 143 anos

Publicado em 14 de abril de 2021, em Sociedade

Essa espécie gigante foi descoberta por acaso e, depois de 3 anos de pesquisa, constatou-se que não estava catalogada ainda.

Neste Artigo:
Quilópode gigante, com 20 centímetros (Katsuya Tsukamoto para o jornal Yomiuri)

Na terça-feira (13) uma equipe da Universidade Hosei, de Tóquio, informou sobre a confirmação de uma nova espécie de quilópode, vulgarmente chamada de centopeia, descoberta depois de 143 anos no Japão.

Publicidade

Essa, gigante, tem cerca de 20 centímetros de comprimento e cerca de 2cm de largura, a qual recebeu o nome japonês de Ryujin Scolopendridae, por ter sido encontrada no norte da província de Okinawa. Os resultados dessa pesquisa foram publicados em um periódico internacional.

No Japão estão catalogadas 4 espécies de centopeias gigantes e essa é a mais recente.

Nome inspirado na lenda de Okinawa

Esse ser vivo encontrado é caracterizado por um corpo brilhante turquesa e geralmente habita terras como as margens de florestas.

Às vezes, as centopeias entram no rio porque se sentem em perigo e se escondem, ou para buscar alimento, como o macrobrachium, espécie de camarão de água doce.

Os habitats no Japão são a parte norte da ilha principal de Okinawa, as ilhas Kume, Iriomote, Ishigaki e Tokashiki. 

Foi atribuído o nome de 琉神大百足 (Ryuujin Oomukade), por causa de uma lenda de Okinawa, a qual conta que uma centopeia entrou no ouvido de um dragão endeusado, relacionado às tempestades, causando-lhe sofrimento.

O professor Satoshi Shimano, da Universidade Hosei, disse: “Okinawa ainda pode ser o lar de muitas criaturas desconhecidas. Precisamos observá-las silenciosamente pois estão ameaçadas de extinção”. 

“É raro descobrir uma nova espécie desse tamanho no Japão. É um exemplo da singularidade da biodiversidade do rico ambiente florestal das Ilhas Ryukyu e de Taiwan”, disse Takafumi Nakano, professor da Universidade de Quioto.

Essa centopeia gigante foi destacada nas redes sociais há 3 anos, por pessoas que estiveram em Yanbaru, área norte de Okinawa. Por isso, foi iniciada a pesquisa sobre ela.

Fontes: Yomiuri e Okinawa Times


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
EASY CAR RIDE