Kakutei Shinkoku começou! Saiba o que mudou

Publicado em 15 de fevereiro de 2021, em Sociedade

Você sabia que o prazo foi estendido para abril? Está com dúvidas sobre como fazer a dedução médica? Saiba mais neste post!

Neste Artigo:
&nbspKakutei Shinkoku começou! Saiba o que mudou
Imagem Ilustrativa

Em 2021, a declaração do imposto de renda no Japão (kakutei shinkoku) começa no dia 16 de fevereiro. Devido ao coronavírus, a Agência Nacional de Taxas (Kokuzei-cho) mudou o prazo da declaração e começou o sistema de declaração por smartphones. Saiba o que mudou neste ano e faça a declaração sem se preocupar.

Publicidade

Normalmente, o kakutei shinkoku é feito entre os dias 16 de fevereiro e 15 de março. Entretanto, o prazo será estendido para o dia 15 de abril. Ou seja, o período será de 2 meses.

Todos os anos, mais de 20 milhões de pessoas vão até os postos de atendimento, e sempre há muita aglomeração. Entretanto, as autoridades estenderam o prazo para aliviar a aglomeração e diminuir o risco de contaminação.

A Agência Nacional de Taxas também realiza a declaração eletrônica. Neste caso, será necessário entrar no site da agência e efetuar os procedimentos de acordo com as instruções. Os procedimentos serão bastante facilitados com o My Number Card.

Este ano, as repartições fiscais distribuirão senhas para controlar a quantidade de consultas. As senhas serão distribuídas no local das consultas e através do LINE.

Como é feita a dedução médica para testes PCR

Na declaração, é possível reduzir o valor da renda subtraindo despesas necessárias para o cotidiano. A “dedução de gastos médicos” (Iryo-hi Kojo – 医療費控除) pode ser utilizada quando o valor passa dos ¥100.000, e a quantia excedente poderá ser reembolsada.

Com a pandemia, os testes PCR foram amplamente utilizados. Caso o teste for feito sob orientação de um médico, o valor poderá ser deduzido mesmo se deu negativo. Porém, se o teste for feito por conta própria, o valor não poderá ser deduzido.

Entretanto, há o “sistema de taxas para automedicação” (Self-medication zeisei – セルフメディケーション税制) que pode ser utilizado em alguns casos.

Caso o valor gasto com medicamentos de venda livre, ou seja, que podem ser vendidos sem receita médica, o que inclui os testes PCR, exceder os ¥12 mil, será possível pedir a dedução. Contudo, não se pode utilizar o “sistema de taxas para automedicação” e a “dedução de gastos médicos” simultaneamente.

Quando for fazer a declaração, pense qual método será mais vantajoso para o seu caso.

E como ficam os cupons do “Go To Travel”?

No ano passado, muitas pessoas usaram o sistema “Go To Travel” para viajar no país.

Caso o valor recebido pelo contribuinte for superior a ¥500.000, será necessário declarar como “renda temporária” (Ichiji Shotoku – 一時所得).

Se o contribuinte estiver utilizando o imposto da cidade natal (Furusato Nozei – ふるさと納税), os produtos recebidos são categorizados como “renda temporária”. Neste caso, se o valor total da “renda temporária” exceder os ¥500.000, será necessário fazer a declaração.

O Go To Travel é dado individualmente para cada cidadão, então boa parte da população não terá a necessidade de declará-lo. Por exemplo, se um casal tiver economizado em conjunto ¥500.000 com a campanha, o valor individual será metade para cada um, logo não há a necessidade da declaração.

O que é o Kakutei Shinkoku?

A declaração do imposto de renda é um procedimento que calcula os impostos relacionados à renda obtida durante o período de 1º de janeiro até 31 de dezembro. Não são todos os impostos que são calculados automaticamente. Em alguns casos, acaba-se surgindo uma diferença entre o valor do imposto que deve ser pago e o valor que já foi pago.

Por isso, o governo recomenda a população a guardar os comprovantes e documentos necessários para preencher a declaração do imposto de renda.

Assim, será possível declarar os impostos que devem ser pagos e, caso o contribuinte tenha pagado uma quantia maior, o imposto será reembolsado.

Saiba mais informações sobre o Kakutei Shinkoku nas matérias que o Portal Mie publicou para auxiliar a comunidade!


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
Easy Car Ride