Descuido de funcionário gera conta de ¥6 milhões para prefeitura de Hyogo

Publicado em 9 de fevereiro de 2021, em Sociedade

Funcionário esquece torneira de tanque de água ligada por 1 mês e gera um prejuízo de ¥6 milhões para a província de Hyogo.

Neste Artigo:
&nbspDescuido de funcionário gera conta de ¥6 milhões para prefeitura de Hyogo
Imagem Ilustrativa

Segundo a divisão de administração da província de Hyogo, um funcionário na faixa dos 50 anos esqueceu de fechar a válvula de drenagem após limpeza de tanque de água. O caso foi revelado em coletiva de imprensa na segunda-feira (8), mas ocorreu em outubro de 2019.

Publicidade

De acordo com a província, o tanque está localizado no prédio oeste do escritório da prefeitura de Hyogo (Kencho), em Kobe. A limpeza é feita uma vez por ano por empresa terceirizada, mas a supervisão é encarregada aos funcionários da província. “Pode deixar que o resto eu faço”, disse o funcionário, que esqueceu de fechar a válvula, para os trabalhadores da empresa de inspeção.

Segundo as autoridades, cerca de 9.000 toneladas de água foram desperdiçadas. As autoridades souberam do ocorrido após um telefonema do departamento de esgoto e água da cidade de Kobe.

Normalmente, a conta de água no escritório gira em torno de ¥1 milhão por mês. Contudo, a despesa apenas da quantidade de água desperdiçada foi de ¥6,03 milhões.

A província cobrou essa despesa com os impostos recolhidos, mas obrigou o funcionário a arcar com metade do valor após julgamento.

“Peço desculpas a todos os cidadãos por ter gerado esse prejuízo”, disse o governador Toshizo Ido na coletiva. A província explica que reforçou as medidas de checagem e aumentou o número de funcionários na supervisão.

Fonte: Asahi


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão