Suga declara estado de emergência para 7 províncias

Publicado em 13 de janeiro de 2021, em Sociedade

Primeiro-ministro Suga declara estado de emergência em mais 7 províncias, totalizando 11 atualmente.

Neste Artigo:
&nbspSuga declara estado de emergência para 7 províncias
Imagem Ilustrativa

Às 19h de quarta-feira (13), o primeiro-ministro Yoshihide Suga abriu uma coletiva de imprensa para comentar sobre a declaração de estado de emergência em mais 7 províncias. A partir do dia 14 de janeiro, Osaka, Hyogo, Quioto, Aichi, Gifu, Tochigi e Fukuoka também entrarão no estado de emergência até o dia 7 de fevereiro juntamente com Tóquio, Chiba, Saitama e Kanagawa.

Publicidade

“Resolvemos declarar o estado de emergência para as províncias de Tochigi, Gifu, Aichi, Quioto, Osaka, Hyogo e Fukuoka, conforme informado no comitê de medidas de prevenção. O período é até 7 de fevereiro”, foram as primeiras palavras de Suga.

Suga reforçou as novas diretrizes para prevenção do coronavírus. “As medidas são as mesmas (desde a última coletiva). Redução do expediente de estabelecimentos até as 20h, redução de 70% do trabalho presencial, abstenção de sair de casa sem necessidade após as 20h e limitação na capacidade de jogos esportivos e concertos são as 4 diretrizes básicas”.

Em seguida, Suga pediu a colaboração da população. “(A declaração de estado de emergência) É uma medida necessária para vencermos essa situação difícil”, enfatiza. “Vou tomar qualquer medida que seja necessária. Vou forçá-los a ter um cotidiano com muitas restrições, mas temos que superar de qualquer forma. Peço que a ajuda de todos os cidadãos.”

Suga continua explicando que construir mais leitos será uma das prioridades. “Em Tóquio, os times do governo foram diretamente a cada hospital e trabalharam para a construção de 500 novos leitos que terminou neste ano. Em relação às outras províncias, tomaremos as mesmas medidas. Esta é uma das prioridades.”

O primeiro-ministro também comentou sobre a nova variante de coronavírus encontrada em viajantes vindos da Inglaterra e do Brasil. “Para retirar qualquer risco, vamos proibir temporariamente a entrada de novos visitantes”, comenta Suga, que proibiu temporariamente a entrada de pessoas de 11 países.

“As 7 províncias adicionadas ultrapassaram os índices do Estágio 4, em todos os aspectos, incluindo número de novos casos e taxa de uso de leitos.”, enfatiza. Suga também reforça a importância do isolamento nas demais regiões. “Há regiões onde a pandemia está caminhando para o Estágio 4. Vamos auxiliar essas regiões tomando medidas efetivas de acordo com a situação.”

Suga encerra a coletiva pedindo o auxílio de todos e informando que continuará as discussões com especialistas para tomar as medidas necessárias nas regiões em nível alarmante.

Fonte: NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão