Yucho Ginko: 380 contas fraudadas em ¥60 milhões

Publicado em 24 de setembro de 2020, em Sociedade

Em coletiva de imprensa, Yucho Ginko explica que 380 contas foram fraudadas em ¥60 milhões.

Neste Artigo:
&nbspYucho Ginko: 380 contas fraudadas em ¥60 milhões
Imagem Ilustrativa

O Banco do Correio do Japão (Yucho Ginko) divulgou que houve inúmeros casos de acessos ilegais em contas. Os responsáveis pelo golpe utilizaram de vulnerabilidades nos sistemas “mijica” (cartões pré-pagos e de débito), “docomo kouza” e “shiharai hisho”.

Publicidade

O Yucho Ginko abriu uma coletiva de imprensa às 15h de quinta-feira (24). “Pedimos nossas sinceras desculpas por termos causado essa enorme inconveniência aos clientes e envolvidos”, disse o presidente Norito Ikeda.

Na quarta-feira (23), as autoridades haviam relatado que registraram 54 casos de fraudes através do “mijica”. Com o decorrer das investigações, o banco descobriu que o número é muito maior: cerca de 380 contas foram fraudadas em ¥60 milhões.

Em colaboração com empresas de serviços de pagamento eletrônico, o banco devolverá o valor total de danos às vítimas em outubro. Na sexta-feira (25), o Yucho Ginko entrará em contato com todos os 5,5 milhões de clientes que utilizam pagamento eletrônico para verificar se houve mais contas fraudadas.

Devido a esse incidente, o banco interrompeu todas as operações do “mijica”.

Fonte: NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Produtos Brasileiros no Japão