“Possibilidade de declarar situação de emergência novamente”, expressa ministro

Publicado em 4 de agosto de 2020, em Sociedade

Em coletiva de imprensa o ministro expressou sua opinião dizendo que pode ser que venha novamente a declaração da situação de emergência com aumento do quadro da infecção.

Neste Artigo:
 “Possibilidade de declarar situação de emergência novamente”, expressa ministro
Ministro Kato (NHK)

Katsunobu Kato, Ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar realizou uma coletiva de imprensa no começo da tarde de terça-feira (4), quando declarou “no caso de aumento do número de pessoas infectadas há possibilidade de declaração da situação de emergência novamente”.

Publicidade

Kato se referiu às declarações próprias pelos governadores das províncias de Okinawa e Gifu, além de outros que pediram autocontrole e restrições, seja na movimentação das pessoas para outros locais, seja restringindo os horários comerciais das casas noturnas. Mesmo com tais medidas para tentar frear o aumento dos novos casos de infecção pelo coronavírus, considera essa possibilidade.

“Reconhecemos que medidas estão sendo tomadas de acordo com a região, mas de um modo geral, a velocidade do aumento no número de pessoas infectadas é rápida”, apontou.

Por outro lado informou que “a situação ainda não está sob pressão se olharmos apenas para o número de leitos”.

 “A carga na área médica aumentou e a atmosfera de tensão aumentou demais”, expressou, embora gostaria de poder conciliar o tratamento da Covid-19 com os outros tratamentos médicos como cirurgias. 

Antes dessa declaração o governo como um todo ouvirá os especialistas e analisará os indicadores. Por isso, enquanto observa os rumos, quer continuar dando suporte ao sistema de testes.

Economia versus infecção

 “Possibilidade de declarar situação de emergência novamente”, expressa ministro
Secretário Suga (NHK)

No começo da tarde o Secretário-Chefe de Gabinete Yoshihide Suga, em relação às contramedidas contra o novo coronavírus, disse “leva tempo para reduzir o risco de infecção a zero, mas se não equilibrarmos a prevenção de infecções e as atividades socioeconômicas, a vida das pessoas não será mantida”. 

Fez uma comparação com março e abril, e a proporção de pessoas hospitalizadas ou gravemente afetadas é menor mesmo com o aumento do número de pessoas infectadas das últimas semanas. 

“Por isso, continuaremos a observar com muita atenção à situação da infecção, além de ouvir opiniões dos especialistas, e trabalhar de forma firme para conciliar ambas”, se referindo às atividades econômicas. 

Fontes: Sankei e NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão