Shinzo Abe libera Estado de Emergência em todo Japão

Publicado em 25 de maio de 2020, em Sociedade

Em coletiva de imprensa, Abe divulga que o Japão saiu do Estado de Emergência.

Neste Artigo:
&nbspShinzo Abe libera Estado de Emergência em todo Japão
Primeiro-ministro Shinzo Abe confirma liberação do Estado de Emergência em todo o país (Foto: NHK)

Em coletiva de imprensa realizada às 18h desta segunda-feira (25), o primeiro-ministro Shinzo Abe afirmou que o Japão saiu do Estado de Emergência.

Publicidade

Desde a manhã de segunda-feira, o governo estava preparando a liberação do Estado de Emergência das províncias de Tóquio, Hokkaido, Kanagawa, Chiba e Saitama.

“Hoje, retiro o Estado de Emergência em todo o país”, foi a primeira frase comentada por Abe em seu discurso.

“Chegamos ao nível necessário para retirar o Estado de Emergência em todo o país. Em apenas um mês e meio, conseguimos vencer quase completamente esta pandemia. Mostramos o Modelo Japonês ao mundo”, disse.

A partir de terça-feira (26), alguns estabelecimentos culturais como museus e bibliotecas voltarão a funcionar normalmente. Restaurantes e bares que vendem bebidas alcoólicas poderão funcionar até as 22h em princípio. Para ajudar financeiramente os estabelecimentos comerciais, Abe disse que será criado um novo auxílio de até ¥6 milhões.

Sobre os eventos, Abe comenta: “Peço que as condições para prevenção da infecção sejam cumpridas na realização de eventos de pequeno porte”. Entretanto, o primeiro-ministro ainda recomenda que eventos de grande porte não sejam realizados nesta situação delicada.

Contudo, o primeiro-ministro não nega um segundo estado de emergência. “Se a situação voltar a piorar até um ponto grave, há a possibilidade de um segundo Estado de Emergência. Mas não é algo que desejo, e o isolamento não será tão rígido (quanto o de agora)”, comenta.

Para impedir que uma segunda onda de infectados surja, Abe aponta eficácia de aplicativos de geolocalização. “Segundo pesquisa da Universidade de Oxford, aplicativos que rastreiam onde as pessoas andaram podem impedir que uma segunda pandemia surja.”, disse. “Obviamente os aplicativos respeitam a privacidade de todos e pretendemos garantir a segurança”, completa. Abe deseja implementar essa tecnologia em meados de junho.

Mesmo com a liberação do Estado de Emergência, Abe enfatiza a importância de respeitar o isolamento e pede a colaboração de todos para manterem a situação controlada.

Fonte: NHK


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!
Produtos Brasileiros no Japão