Torii em cruzamento de cidade no Japão chama atenção

Publicado em 5 de novembro de 2019, em Sociedade

A visão incomum do torii em meio a um cruzamento movimentado chamou atenção, em Kumamoto.

Neste Artigo:
&nbspTorii em cruzamento de cidade no Japão chama atenção
O torii do Santuário Fujisaki Hachimangu (Google Maps)

Quando as pessoas visitam um santuário xintoísta no Japão geralmente se deparam com uma ou mais estruturas que parecem portões, chamadas torii.

Publicidade

Elas são destinadas a serem um tipo de barreira supernatural a qual permite àqueles que passam por ela entrarem em um universo de pureza espiritual. Pode-se até dizer que passar por um torii leva as pessoas um pouco para mais perto do céu.

E no caso de um torii usado pelo Fujisaki Hachimangu, um vasto santuário na cidade de Kumamoto, você pode acabar recebendo um bilhete expresso para o céu se não prestar atenção na estrada. Ele foi recentemente visto pelo usuário do Twitter @kagetora_103 e deixou outros na internet impressionados.

A localização é o cruzamento de Fujisakigumae na cidade de Kumamoto

“É real?”

“Eu já dirigi por lá. Assim que você se acostuma, não é tão ruim”.

A maioria dos santuários tem uma sando, que é uma estrada ou via que leva do limite da propriedade de um santuário até a estrutura principal. Dependendo do tamanho do santuário uma sando pode chegar a 2Km, mas para um santuário modestamente grande como o Fujisaki Hachimangu, ela se estende por cerca de 280 metros.

A faixa laranja indica a sando que leva a partir do grande torii até os recintos principais do Fujisaki Hachimangu.

O Fujisaki Hachimangu em sua atual localização foi construído em 1877, não muito antes da revolução industrial e dos automóveis virem com ela. Naquela época sua sando era um pouco menos que uma estrada suja alinhada por lanternas de pedra e pinheiros.

Entretanto, como os carros viraram moda, pessoas que iam para o trabalho em Kumamoto acharam a sando um bom atalho e começaram a dirigir ao longo dela, sem saber que na verdade ela era a propriedade privada do santuário.

O Fujisaki Hachimangu cedeu amavelmente a sando para a cidade, sem cobrar, com a finalidade de ser pavimentada e usada como uma estrada de cidade comum. Nessa época ainda não havia nada estranho porque a sando tinha apenas duas faixas estreitas, facilmente cruzadas pelo grande torii.

Contudo, com o passar do tempo, a estrada que passa em frente ao torii foi convertida para uma de seis faixas da Rodovia Nacional 3. Por causa do crescente tráfego, a cidade quis expandir o cruzamento e reduzir o congestionamento.

Visto que a estrada era na verdade a propriedade do santuário, eles não podiam mexer nela. Então, ao invés disso, planejadores urbanos adicionaram algumas faixas às porções da propriedade em cada lado da sando, deixando o torii bem no meio dela.

Embora essa orientação em particular seja bem peculiar, exemplos de cidades crescendo em volta de toriis não são, e outro usuário do Twitter compartilhou suas próprias anormalidades locais.

Há um local como esse de Kumamoto no lado leste do Santuário Shizuoka Sengen.

O Santuário Kasuga na cidade de Oita também é a mesma ideia. E tem dois.

A história de como o torii de Fujisaki Hachimangu surgiu foi revelada pelo J-Town Net que falou com um sacerdote superior do santuário. Na mesma entrevista, o sacerdote manifestou sua alegria de que, com sorte, a recente atenção trará mais visitantes a Kumamoto e ao santuário onde ele trabalha.

Fonte: Sora News, Twitter/@kagetora_103, J-Town Net


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Easy Car Ride, carros e financiamentos
UNIP - Faculdade a distância no Japão