Ex-bombeiro preso por agressão grave à enteada: hemiplegia

Publicado em 28 de agosto de 2019, em Sociedade

A agressão à bebê, na época com 1 ano, resultou em paralisia parcial. Não só o padrasto foi preso como a mãe foi levada por cumplicidade.

Neste Artigo:
&nbspEx-bombeiro preso por agressão grave à enteada: hemiplegia
Delegacia de Higashi Yodogawa, em Osaka (NNN)

A polícia informou na terça-feira (27) a prisão do ex-bombeiro da corporação de Osaka (província homônima), Kazuki Tokuzawa, 28, residente em Settsu (Osaka). 

Publicidade

É suspeito de agressão à filha da amasiada, na tarde de 3 de setembro do ano passado, quando a bebê tinha 1 ano e 5 meses. Eles residiam na capital de Osaka e nessa ocasião, após o banho na enteada teria agredido a cabeça.

A criança, agora com 2 anos, ficou com sequelas. Tem hemiplegia, uma paralisia parcial do membro inferior esquerdo. Por causa disso ainda não se sabe se no futuro conseguirá caminhar ou não. 

A mãe, Yuri Nojima, 23, japonesa, atualmente residente em Higashi Osaka (Osaka), trabalha em casa noturna, era sua parceira. Suspeita de cumplicidade, também foi presa. Teria deixado a criança ferida sem levá-la ao hospital até a manhã do dia 5, ou, abandono por 2 dias. 

Ele contou durante o depoimento “depois que entrei no ofurô com ela ouvi um grande barulho e vi que estava caída de bruços”. 

Fontes: Sankei, NNN e ABC News


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - estude japonês por correspondência!