Mais um castelo oferecerá acomodação para turistas

Publicado em 13 de julho de 2019, em Sociedade

Castelo de 700 anos na província de Ehime e um outro em Nagasaki se preparam para receber turistas.

Neste Artigo:
&nbspMais um castelo oferecerá acomodação para turistas
O Castelo de Ozu fica na província de Ehime (Wikimedia/As6673)

O Japão tem uma nova maneira de atrair turistas estrangeiros e agora oferece estadas em seus castelos.

Publicidade

O Castelo de Ozu, na província de Ehime, começará a partir de abril de 2020 permitir que turistas passem a noite em seus recintos, pelo valor de 1 milhão de ienes ($9,250) por casal.

O Ozu está no rol dos 100 melhores da Japan Castle Foundation, e o governo o lista como um importante patrimônio cultural. Originalmente construído em 1331, ele foi reparado e reconstruído ao longo dos séculos, incluindo pelas mãos do reconhecido construtor de castelos e daimyo* Takatora Todo, que morreu em 1630.

O ministério do turismo do Japão incluiu serviços de acomodação em locais de patrimônio histórico em seu mais recente programa de realização de visão turística, tendo inspiração na Europa, onde estadas em castelos já são oferecidas.

O governo municipal de Ozu está fazendo pareceria com a Value Management, uma empresa que tem foco em utilizar recursos históricos.

A tenshu, torre núcleo de quatro andares do castelo, tem cerca de 19 metros de altura, aceitará hóspedes por 30 dias ao ano, quando quartos serão equipados com tapetes e mobília. Banheiros também serão disponibilizados de maneiras para que não atrapalhem a configuração.

O pernoite incluirá um serviço de “experiência de lorde” a qual permitirá aos hóspedes vivenciarem como um daimyo vivia séculos atrás. Refeições preparadas com ingredientes locais serão oferecidas aos hóspedes, além de passeios de barco no fosso do castelo.

O governo municipal de Ozu criou em maio um comitê para discutir como utilizar os locais de patrimônio da cidade. Líderes políticos querem “se preparar para o declínio populacional”, disse um oficial, “e encontrar de forma criativa novas fontes de lucro”.

Planos pedem a permissão para que turistas diários visitem o castelo quando ele não está sendo usado como hotel.

Ozu não é o único castelo que está entrando no negócio de acomodações. O Castelo de Hirado na província de Nagasaki está planejando fazer o mesmo em julho do ano que vem. Ele está fazendo uma parceria com a Japan Airlines e a Hyakusenrenma, um mercado global tipo Arbnb.

Quando representantes do Castelo de Hirado decidiram em 2017 explorar pernoites como oportunidade de negócios, 7.000 casais se candidataram para um teste. Cerca de 60% eram do exterior, principalmente de países ocidentais.

*daimyo é um termo genérico que se refere a um poderoso senhor de terras no Japão pré-moderno, que governava a maior parte do país a partir de suas imensas propriedades de terra hereditárias
Fonte: Asia Nikkei


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
UNIP Faculdade à distância
Kumon - Estude japonês!