Proprietária da Godiva explora venda de seu negócio no Japão

Publicado em 1 de outubro de 2018, em Sociedade

A Yildiz Holding está explorando a venda do negócio japonês de chocolate Godiva em uma transação que poderia chegar a 1,5 bilhão de dólares.

Neste Artigo:
&nbspProprietária da Godiva explora venda de seu negócio no Japão
A Godiva vende seu chocolate de luxo através de centenas de butiques em mais de 80 países (imagem ilustrativa)

Segundo a matéria da agência Reuters, a Yildiz Holding está explorando a venda do negócio japonês de chocolate Godiva em uma transação que poderia chegar a 1,5 bilhão de dólares, de acordo com duas fontes familiares ao assunto, permitindo potencialmente que a empresa pague dívidas e invista em outros lugares.

Publicidade

O negócio japonês da Godiva tem lucro de aproximadamente 350 milhões de dólares ao ano e é provável que atraia empresas ou investidores com experiência no Japão, um mercado inconstante com uma população em envelhecimento, disse uma das fontes.

A Godiva vende seu chocolate de luxo através de centenas de butiques em mais de 80 países, assim como por atacado através de outras lojas. Suas rivais incluem a Lindt e o bem menor Hotel Chocolat.

A Yildiz, um dos maiores conglomerados da Turquia, poderá usar os lucros de venda japonês para investir em outros mercados, disse uma fonte.

Também proprietária da McVitie, a Yildiz disse em uma declaração que o Japão foi uma de suas regiões de mais sucesso e continuou a crescer. A empresa não fez comentários adicionais.

As fontes, que não quiseram ser identificadas porque a situação é particular, disseram que o processo de venda para o negócio japonês da Godiva poderia ter início nas próximas semanas.

Dívida extensa

Com raízes em uma loja de biscoitos fundada por dois irmãos em Istanbul no ano de 1944, a Yildz, administrada por família, cresceu em uma firma global com parcerias no ocidente incluindo a Kellogg e a McCormick.

Ela gastou mais de 850 milhões de dólares para comprar a Godiva em 2007, assim como cerca de 2,63 bilhões de dólares na fabricante United Biscuits da McVitie e 221 milhões de dólares na fabricante de pretzels de chocolate Flipz em 2004.

A Yildz, que também é proprietária da Ulker, concordou em maio em refinanciar 5,5 bilhões de dólares em dívidas.

Grande no Japão

O Japão é o sexto maior mercado de chocolates do mundo, de acordo com a Euromonitor International. Em 2018, com vendas ao varejo estimada em 5,2 bilhões de dólares, o Japão conta por cerca de 5% do total do mundo.

A reputação do Japão para inovação se estende até para o chocolate. A Nestlé, por exemplo, vende centenas de variações Kit Kat no país, incluindo de chá verde e sabores de morango, além de versões premium.

Confeitarias rivais, varejistas ou fundos de investimento privado poderiam estar interessados em comprar o negócio japonês da Godiva, disse uma das fontes, salientando que o negócio também poderia atrair interesse de diversos grupos comerciais japoneses, que incluem a Mitsubishi e a Itochu.

Fonte: Agência Reuters
Imagem: Banco de imagens


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
UNIP Faculdade à distância
Kumon - Estude japonês!