O significado dos nomes das províncias do Japão – Especial Kanto (Parte 2 de 7)

Publicado em 1 de fevereiro de 2016, em História, Tradições do Japão e atualizado em 7 de janeiro de 2017 as 2:54 PM

Vamos conhecer um pouco da cultura do país em que vivemos? Veja a origem e o significado dos nomes das províncias do Japão, nesta continuação de Kanto!

Neste Artigo:

Significado dos nomes das provincias - Kanto - Destaque47 províncias em um território com apenas 377.900 km². Só para se ter ideia, o Brasil é 22,5 vezes maior que o território japonês (8.516.000 km²), e possui menos unidades federativas que o Japão (26 estados e 1 distrito federal).

Publicidade

Mas vocês já se perguntaram qual o significado dessas províncias? Entenda hoje estes significados e sua origem e história, nesta edição especial de Kanto!

Região de Kanto

Representação/Imagem: www.j-lis.go.jp
Representação/Imagem: www.j-lis.go.jp

1 – Província de Ibaraki – 茨城県

&nbspO significado dos nomes das províncias do Japão - Especial Kanto (Parte 2 de 7)
O Jardim de Kairakuen (Representação/Imagem: Wikipedia)

Segundo no artigo do condado de Ibaraki do livro Hitachinokuni Fudoki (常陸国風土記), que significa algo como topografia do Hitachinokuni (uma das Províncias antigas do Japão do antigo sistema de Distrito de Governo Local), para acabar com os ladrões que rondavam a região, criaram uma cerca de espinhos em volta do castelo. Em uma escritura, estava anotado algo como “para acabar com os ladrões de Saeki que moravam em um buraco e ameaçavam os habitantes da região, fizeram uma armadilha de espinhos e pressionaram os ladrões para esta armadilha”.

Em japonês, Ibara significa “espinho” e Ki “castelo”.

Em outra teoria, de acordo com o livro Man’yōshū (万葉集), a mais antiga coleção de poesia japonesa compilada em 759 d.C., durante o período Nara, há uma canção que fala: “Como uma vinha de feijão cheia de ramos de espinhos na beira da estrada, lamentando a triste despedida, ele teve de partir em viagem e abandonar sua esposa”.

2 – Província de Tochigi – 栃木県

Cidade de Otawara (Representação/Imagem: Wikipedia)
Cidade de Otawara (Representação/Imagem: Wikipedia)

Podemos dividir em 4 teorias:

1 – No antigo bairro de Tochigi (atual cidade de Tochigi), havia um santuário chamado de Shinmeiguu (神明宮), que possuía dois “Chigi” (千木) e 8 “Katsuogi” (鰹木) no telhado do templo (imagem abaixo). Quando vistas de longe, parecem um conjunto único de 10 unidades, o que deu nome a região, que passaria a ser considerada 十千木 (Toochigi), que seriam 10 “Chigi”.

2 – Segundo esta teoria, o nome da província veio por causa da abundância das árvores “Tochinoki” (栃の木), que em português seria “Castanheiro-da-índia japonês”. Depois o nome foi reduzido para “Tochigi”.

3 – No antigo bairro de Tochigi (atual cidade de Tochigi), havia um lago denominado Uzuma, que sucessivamente causava inundações, e por causa disso, estas terras ficaram conhecidas como “terreno erodido”,em japonês “Chiguireta Chikei” (千切れた地形). E então adicionaram o prefixo “To” no verbo “Chigui (ru)”.

4 – Segundo o livro Kojiki ou Furukotofumi (古事記), o mais antigo livro sobre o Japão antigo, havia dois reinos com nomes iguais: o “Ki no Kuni” (木/毛の国), atual província de Tochigi, e o “Ki no Kuni” (木/紀の国), atual província de Wakayama. Para poder diferenciar os dois reinos, o príncipe Toyokiiri Bikonomikoto (豊城入彦命) nomeou o primeiro “Ki no Kuni” como “Tootsuki” (遠津木), que significa “o país das árvores distantes”, e depois foi reduzida para “Tochigi”.

3 – Província de Gunma – 群馬県

&nbspO significado dos nomes das províncias do Japão - Especial Kanto (Parte 2 de 7)
Maebashi, capital de Gunma (Representação/Imagem: pipolltravel.com.br)

Se formos voltar uns 1300 anos no tempo, segundo os documentos do antigo castelo de Fujiwara, dentro da província de Gunma, havia uma região conhecida como “Kurumahyou” (車評), ou condado de Kuruma.

Logo no início da era Nara, no ano sexto do período Wadō (713 d.C.), em um édito do livro da topografia de determinadas regiões, o Kofudoki (古風土記), todos reinos, condados e capitais teriam que mudar seus nomes para 2 kanjis. Logo, a “Kurumahyou” virou “Gunma”.

“Gunma” vem do grande número de criação de cavalos, que eram vistos como animais que mostravam autoridade, um símbolo de riqueza. “Gunma” significa algo como “rebanho de cavalos”.

4 – Província de Saitama – 埼玉県

Túmulos de Maruhakayama na primavera (Representação/Imagem: Wikipedia)
Túmulos de Maruhakayama na primavera (Representação/Imagem: Wikipedia)

Uma teoria fala que o local de nascimento do nome da província vem da vila de “Sakitama” do condado de “Kitasaitama”, atual bairro de Ōazasakitama da cidade de Gyouda.

Existem muitas outras teorias como a da origem ter vindo dos túmulos de Sakitama, ou a que diz que o nome faz referência ao trabalho de um Deus que traz felicidade, denominado 幸魂(Sakimitama).

No livro Man’yōshū (万葉集), havia descrições sobre o condado que recebia os nomes de “Sakitama” (前玉) e “Sakitama” (佐吉多万). Também no livro Wamyouruijushou (和名類聚抄), escrito nos anos de 931 a 938, havia registros do nome “Saitama” (埼玉) e “Saitama” (佐伊太末).

5 – Província de Chiba – 千葉県

Na ordem: Zona industrial costeira, Museu Chiba Fork, Makuhari Messe, Torre do Porto de Chiba, Estádio Chiba Marine, Arranha-céus de Makuhari na costa (Representação/Imagem: Wikipedia)
Na ordem: Zona industrial costeira, Museu Chiba Fork, Makuhari Messe, Torre do Porto de Chiba, Estádio Chiba Marine, Arranha-céus de Makuhari na costa (Representação/Imagem: Wikipedia)

A data em que este nome fora decidido não é bem determinada, mas sabe-se que antes do sistema de Ritsuryou, o nome do do governador da época era o kokuzou Chiha (千葉国造), e depois do sistema Ritsuryou, a região era conhecida como o condado de Chiba. Existem várias teorias para o nome da região, mas segundo uma teoria, o nome da região vem do grande número de folhas na região, que vem dos seguintes itens:

  • Mostra uma terra com muita fertilidade
  • Porque possui várias pradarias com uma vasta vegetação
  • Um lugar onde rezavam para a prosperidade da terra e dos descendentes desta.

6 – Província de Tóquio – 東京都

Distrito de Shinjuku (Representação/Imagem: Wikipedia)
Distrito de Shinjuku (Representação/Imagem: Wikipedia)

O nome da província, de acordo com o livro 江戸ヲ称シテ東京ト為スノ詔 (EdowoshōshiteTōkyōtonasunoshōsho) lançado no primeiro ano da era Meiji (Setembro de 1868), veio quando a província de Tóquio (東京府), que ministrava as áreas de magistrado (sistema implementado no governo de Edo) foi construída.

O “Kyo” () de Tóquio significa capital, e “Higashi” Leste, o que significa algo como “capital do Leste”, e era a cidade de Quioto (京都) localizado no leste do país.

7 – Província de Kanagawa – 神奈川県

Vestígios do Kanagawa Bugyō-sho (神奈川奉行所) (Representação/Imagem: s.webry.info)
Vestígios do Kanagawa Bugyō-sho (神奈川奉行所) (Representação/Imagem: s.webry.info)

Antigamente, Kanagawa também era escrita como 神奈河神名川上無川 e outros. Quando existia o sistema de países decretos, havia o condado de Kuraki, localizado no Musashinokuni (武蔵国) – atual distrito de Kanagawa, Yokohama- que era utilizado desde os tempos passados como importante rota terrestre e marítima.

Isto se tornou o nome da cidade quando no ano sexto de Ansei (1859), houve a abertura do porto de Yokohama e a instalação do “Escritório do Magistrado de Kanagawa” (神奈川奉行所). E em Setembro do primeiro ano da era Meiji (1868), a província ficou definida como 神奈川.

Esta é a continuação da pequena série especial do Portal Mie! Esperamos que tenham gostado!

Fonte: Matome Naver


Vamos comentar?

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão - Good Support!!
Kumon - Estude japonês!