Data: 10 de agosto de 2017

‘Globo Repórter’ revela o poder transformador da educação

Categoria: , , - Local: Data: 10 de agosto de 2017

Globo Repórter

As trajetórias de brasileiros determinados e dedicados, que superaram as dificuldades e mudaram de vida graças ao estudo. Esse é o tema inspirador do próximo ‘Globo Repórter’. São casos como o de Mateus, de 22 anos.  Nascido e criado no Jardim Pantanal, zona leste de São Paulo, o menino passou a infância em uma casa constantemente inundada pelas enchentes. Com a ajuda e o incentivo da mãe, que é empregada doméstica, ele se formou em engenharia civil.  Assim, conseguiu cumprir a promessa feita na infância: “Mãe, vou ser engenheiro civil e tirar a senhora daqui”. Mateus já mudou a vida de D. Alice e agora está mudando a de outras pessoas no bairro onde cresceu. Seu objetivo é melhorar a cidade de São Paulo e evitar que outras pessoas passem pelas dificuldades que ele enfrentou.

Quando era criança, Mateus, assim como os dois irmãos, estudou em escola pública. Em dias de chuva, eles iam para a escola de chinelo, com o tênis na mochila e uma garrafa de água limpa para lavar os pés quando estivessem em local seco e sem lama. D. Alice chora ao lembrar da frase que ouviu de uma vizinha: “Tenho pena porque todo mundo tem um lugar enxuto pra ficar, mas você não”. Essa realidade ficou pra trás. Hoje, D. Alice sobre 11 degraus para chegar em sua nova casa. No alto, está livre do alagamento e das inundações. Tudo graças a Mateus, que ganhou bolsa para estudar engenharia em uma universidade particular.  Quando conviveu com realidades bem diferentes da dele, o menino descobriu que é possível ter uma vida melhor e mergulhou de cabeça em sua formação. Já realizou mais de 300 obras – feitos simples para ele, que melhoraram a vida de muitos amigos e vizinhos.

Outro personagem da reportagem, o mineiro André saiu da favela para ganhar o mundo. Filho de pai motorista e mãe manicure, ele sonhava em ir para os Estados Unidos para estudar e trabalhar. Na infância, chegou a ler com a ajuda de velas, porque a família não tinha dinheiro para pagar a conta de luz. André se tornou doutor e conseguiu o emprego dos seus sonhos. Primeiro, foi selecionado para um intercâmbio no Texas; depois, fez doutorado e pós-doutorado nos Estados Unidos e no Canadá. Enfrentou dificuldades, mas soube aproveitar as oportunidades que surgiram. Hoje é funcionário de uma empresa reconhecida e já se sente totalmente integrado à cultura americana. Seu conselho aos que estão no início dessa caminhada? “Não precisa chegar rápido. Se correr demais no começo, você se cansa e não aproveita tanto o que tem lá na frente”, conta o jovem, que vem ao Brasil matar a saudade da família e dos quitutes feitos pela mãe.

Para mostrar que nunca é tarde para aprender, o ‘Globo Repórter’ apresenta duas belas histórias. Dona Tetê, de 86 anos, era analfabeta até os 82. Atualmente, além de saber ler e escrever, ela se revelou uma artista. Já Dona Alesina, de 76 anos, começou a estudar há dois e não perde uma aula – domina celular e computador como poucos da sua idade e ainda ensina o genro, alemão, a falar português.

Na busca pelo poder transformador da educação, o programa chega até Sobral, no Ceará, e revela como está a situação 20 anos depois que o ensino público no município passou por uma grande mudança. Melhorias no salário dos professores, nas condições das salas de aula e na estrutura têm mostrado bons resultados na rotina diária e nos exames nacionais.

O ‘Globo Repórter’ vai ao ar no canal internacional da Globo nesta sexta-feira, dia 11, nas Américas; sábado, 12, no Japão e Austrália; e sexta-feira, 18 de agosto, na Europa e África.

Artigo por


Deixe seu comentário nesta página!

Outras Notícias

.
au - telefonia movel no Japao
Passagens Aereas para o Brasil
au - telefonia movel no Japao
Casa Própria no Japão
au - telefonia movel no Japao
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
au - telefonia movel no Japao
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Baladas no Japão