Data: 17 de Fevereiro de 2017

Câmera Record vai ao ar sexta-feira (17)

Categoria: , - Local: Data: 17 de Fevereiro de 2017

&nbspCâmera Record vai ao ar sexta-feira (17)

Câmera Record

Em um registro inédito na televisão brasileira, o Câmera Record desta sexta-feira (17/02), às 21h30, traz uma das investigações mais complexas já realizadas sobre o trabalho escravo na cidade mais rica do país.

Durante três meses, os repórteres Romeu Piccoli, Ana Haertel; Daniel Motta e o editor Marcelo Magalhães investigaram empresas de confecções.

Durante as investigações flagraram 22 confecções clandestinas explorando trabalhadores de todas as maneiras na Grande São Paulo.

O procurador da Justiça do Trabalho, Luis Fabre; estima que existam 100 mil pessoas em condições análogas à escravidão só na capital paulista.

Foi em uma dessas oficinas que o repórter Daniel Motta conseguiu uma vaga de emprego, disfarçado de imigrante nordestino recém-chegado a São Paulo.

Ele foi contratado sem carteira assinada e teve que trabalhar incansáveis 14 horas por dia; com a promessa de receber no final do mês um salário de cerca de 400 reais.

“Às seis horas da manhã eu tinha que acordar. Ganhei um café e um pão amanhecido, duro, para começar o trabalho”, conta.

Nas chamadas “casas da escravidão”, mesmo o recém-empregado, que geralmente não tem experiência alguma com o maquinário, é obrigado a fazer mais de 150 peças de roupas diariamente.

“O tempo era muito pouco pra aprender a costurar”, diz o repórter, que experimentou desde o início a pressão do supervisor da oficina.

Artigo por


Deixe seu comentário nesta página!

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão by Fujiarte
Waysu - Empregos com segurança!