Data: 4 de fevereiro de 2015

A Blogueira de Viagens Priscila Kamoi

Categoria: - Local: Data: 4 de fevereiro de 2015

Priscila KamoiTenho a honra de entrevistar Priscila Kamoi, 27 anos. Uma mulher guerreira e exemplo de superação. Formada em Administração de Empresas na Baldwin Wallace University Ohio EUA. Retornando ao Brasil aos 21 anos de idade, recém formada e por uma ironia do destino foi diagnosticada com câncer de tireoide.  Após vencer a doença, mudou-se de Curitiba para Belo Horizonte e em 2011 retornou a Curitiba para ficar mais perto de sua família, e trabalhar em um banco mundial. Em 2014, jogou tudo pro alto para criar sua empresa KAMOI e começou seu blog com dicas de viagens, que virou uma referência a todos que querem viajar nos país por onde ela passou.

No seu blog, você citou: Sempre fui uma pessoa “encaixada” nos padrões da sociedade. E hoje, você pensa da mesma forma?
Hoje eu penso que sou diferente da maioria da sociedade. Pelo fato de ter pedido demissão de um emprego excelente e que pagava bem, muita gente me chama de louca. Porém eu comecei a trabalhar em uma Coworking (Nex Coworking) onde encontrei pessoas empreendedoras que me identifico e estão na “mesma que eu”: arriscando um negócio próprio, passando pelas mesmas dificuldades (financeiras) e realizações (próprias).

Como foi a experiência de morar nos EUA, num país tão diferente do Brasil?Priscila Kamoi
Foi essencial na minha formação como pessoa e administradora. Aprendi muito com os americanos e sua cultura pragmática e correta, amadureci como pessoa e como profissional e estudei muito, conquistando meu diploma americano e brasileiro.

Quais foram suas dificuldades e superações lá?
Dificuldades com a língua, cultura e principalmente no estudo, ter que fazer matérias diferentes do Brasil, trabalho de conclusão, apresentações e provas em Inglês, morar no Campus, dividir quarto e banheiro. Também tem a solidão, os dias, as saudades da família. Apesar disso, foi excelente a experiência. Me fez quem eu sou hoje, uma pessoa forte e corajosa.

A palavra câncer gera um certo desconforto, ao ser diagnosticada com essa doença aos 21 anos de idade; como foi a sua superação?
Para mim foi bem tranquilo, como fui diagnosticada cedo, as chances de cura foram enormes (ainda bem!). O único problema é que tenho que tomar remédio todos os dias de manhã até morrer rs!

O fato de sua mãe ser médica ajudou no diagnóstico rápido?
Ajudou, ela tem bastante contato com os melhores médicos e hospitais. Ela quem levou a sério a fazer todos os exames na suspeita do tumor.

Priscila KamoiA sua maneira de pensar e agir sempre foi assim ou mudou após a sua superação?
Mudou. No post “Por que sou uma pessoa mais feliz depois do câncer” eu conto como a doença me transformou em uma pessoa mais agradecida, que valoriza as coisas simples da vida, principalmente a saúde, família e amigos.Foi quando entendi que eu deveria usar aquele sofrimento para aprender alguma coisa. Foi por causa desse sofrimento que eu valorizo cada dia que eu tenho saúde. Que agradeço todos os dias por estar viva. Que meus sonhos ainda existem mas eles podem acabar de um dia para outro.Hoje eu valorizo as coisas simples da vida. Amo sem medo de perder, porque a maior perda é a do amor que eu não demonstro. Eu cuido da minha saúde e a não me estresso pelo que está fora do meu controle. Entendo que eu sou a responsável pelo meu destino e por tudo o que acontece comigo, seja bom ou ruim. Aprendi a não guardar rancor. E aprendi a ter gratidão todos os dias, o que me fez uma pessoa mais feliz.

Ser feliz não significa que tudo é perfeito. Significa que eu decidi olhar além, apesar das imperfeições da vida.Priscila Kamoi

O que você poderia falar as outras pessoas que foram diagnosticadas com essa doença?
Meu lema em situações difíceis são os 3 Fs, força, foco e fé.

O Fato de você ter estudado Administração ajudou no seu empreendedorismo?
Com certeza. Eu uso muito das minhas duas formações (Adm e Mkt) tanto no blog quanto na minha marca de camisetas. A Kamoi Tees é meu negócio, eu administro todas as áreas dele, desde logística (entrega das camisetas), marketing (divulgando a marca), design (fazendo as estampas), fornecedores (contratando as costureiras), concorrentes, atendimento ao cliente que é o principal, ou seja, eu uso tudo que aprendi em administração e marketing no meu negócio.

Quando você resolveu largar a sua zona de conforto (seu emprego) e montar a sua marca de camisetas; como foi a reação dos seus familiares? Teve muitas dificuldades?
Um pouco. Meus pais que são novos entenderam facilmente minhas ideias. Já minha batiam… não entende como eu vendo camisetas através da internet. Mas ai minha tia mostrou para ela o site e ela meio que entendeu rs.

Priscila Kamoi (19)O blog é um hobby seu, como surgiu a ideia das dicas de viagens?
Eu gosto de ler, escrever, falar sobre viagens, tirar fotos, fazer roteiros e o principal VIAJAR. Juntei tudo e decidi compartilhar minhas experiências através de um blog, um canal prático e fácil, que eu escrevo o que eu quero, lê quem quer e é de graça. O blog é meu negócio, levo ele de forma profissional pois dá trabalho. Me comprometi com os leitores de fazer posts regularmente, responder comentários e e-mails, ou seja, tenho muita consideração com quem me acompanha e me admira.

Quando fundou a empresa, você criou a marca de camisetas, onde são vendidas em seu site para o Brasil; Pretende expandir para outros países?
Por enquanto não. Pretendo solidificar a marca no Brasil e quem sabe depois vire uma ideia né? Acho que os preços são adequados para o consumidor brasileiro, porque fora do Brasil encontramos coisas bem mais baratas.

A mudança de estilo de vida que você teve, optando por economizar mais para fazer as suas viagens. O que te fez a fazer isso?
Eu percebi que viajar é um investimento e não um custo. É o que me faz feliz, me renova, me ensina, me engrandece como pessoa. Percebi também que coisas materiais me fazem feliz quando necessárias e não supérfluas. Devemos gastar dinheiro com o que nos faz feliz certo?

Você é Administradora de Empresas com  ênfase em Marketing e Management e ama moda, pretende fazer algum curso ou faculdade nesta área?
Não. Leio várias revistas e blogs sobre moda, sempre acompanho o assunto e não acho necessário fazer um curso neste momento. Tudo que precisei aprender, eu fiz sozinha, como minha loja online, eu que montei, o blog também, e as estampas eu fiz um curso de Photoshop. Sou autodidata.

O fato de ser tão  jovem e empreendedora o que você pretende fazer o que ainda não fez?Priscila Kamoi
Viajar mais e expandir minha marca e meu blog.

Recentemente você esteve no Japão; como se sentiu ao conhecer a terra de seus ancestrais?
Ter visitado o Japão me ajudou a entender minha cultura, meus antepassados e me fez ter muito mais orgulho da minha origem japonesa. Admiro muito os japoneses, o respeito que eles tem pelas pessoas, principalmente os mais velhos, a dedicação ao trabalho, fazer as coisas certas, sem o jeitinho brasileiro, e pequenas coisas como atravessar na faixa, não deixar comida no prato, fazer uma reverência ao agradecer, o índice baixo de corrupção, assédio e vandalismo. A experiência foi maravilhosa e recomendo a todos os brasileiros, para aprendermos a ser mais como eles, adquirindo as melhores práticas.

A moda japonesa tem influência da França e EUA, e no Japão cada um tem um estilo de vestir o que achou disso?
Eu amei. Cada um com seu estilo, sem se importar com o julgamento dos outros. No Japão, é impressionante, como cada um tem sua vida, não fica olhando os outros, principalmente quem é diferente. Aqui no Brasil, estamos sempre preocupados em estar padronizados e na moda, às vezes não arriscamos muito com nosso estilo.
Pretende voltar ao Japão e conhecer ainda mais a terra do sol nascente?
Com certeza!

Para entrar em contato com Priscila Kamoi
Email prikamoi@hotmail.com
Blog jornadakamoi.com
Loja online prikamoi.com.br
Canal no YouTube  https://www.youtube.com/channel/UC9o17v4_okYP8SpGMXYfoFA
Instagram http://instagram.com/blog_jornada_kamoi

Reportagem
Carla Regina Yoshii – Master Coach e Colunista Social
Fotos de Priscila Kamoi

Este slideshow necessita de JavaScript.

Artigo por


Deixe seu comentário nesta página!

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Mugen Homes - Construindo Sonhos
Clínica Dental ai - atendimento em português
UNIP - Ensino à distância no Japão
Baladas no Japão
Empregos no Japão