Aventuras de estrangeiros em lojas da Don Quijote se destacam na mídia social

Publicado em 6 de março de 2018, em Conhecendo o Japão

Uma passadinha na excêntrica loja de descontos é o destaque para muitos turistas estrangeiros que vêm ao Japão.

&nbspAventuras de estrangeiros em lojas da Don Quijote se destacam na mídia social
Loja da rede Don Quijote em Dotombori, na província de Osaka (Wikimedia/Oiuysdfg)

Quando uma russa postou uma selfie no Instagram fazendo o sinal da paz e usando uma fantasia de caranguejo na loja da Don Quijote, o site de mídia social ficou repleto de comentários em vários idiomas, como “legal” e “perfeito”. A imagem ganhou 25 mil curtidas.

Similarmente, um vídeo postado no YouTube por um inglês andando dentro de uma loja da Don Quijote, chamando-a de “a melhor/maior loja” do Japão, teve mais de 400 mil visualizações.

Lojas operadas pela varejista de desconto Don Quijote Holdings se tornaram imensamente populares entre os visitantes estrangeiros, principalmente sul-coreanos, chineses e russos. Muitos deles postam fotos e vídeos na mídia social.

O típico sistema da rede de “exibição comprimida”- mercadorias amontoadas em lojas desordenadas – e fazer compras tarde da noite atraíram muitos visitantes do exterior. Histórias contando sobre a configuração das lojas como se fossem labirintos e vasta seleção de produtos, de alimentos a necessidade diárias, eletrodomésticos e fantasias, se espalharam como fogo.

“Queremos oferecer uma experiência de compras maravilhosa a nossos clientes”, disse o presidente e CEO Koji Ohara.

Compras tarde da noite, preço baixo e tax-free

As vendas da Don Quijote de produtos tax-free (isenção de imposto) a visitantes estrangeiros aumentaram 55% no ano para 25,1 bilhões de ienes ($233 milhões) nos seis meses até dezembro, excedendo aquelas das lojas de departamento rivais Takashimaya e Daimaru Matsuzakaya, cujas vendas foram de aproximadamente 20 bilhões de ienes cada.

As lojas da rede em Dotombori (Osaka), Quioto (província homônima), além de Roppongi e Shibuya (ambas em Tóquio) são especialmente convidativas aos clientes que têm um gosto por compras tarde da noite.

Na noite de um sábado recente, a loja da Don Quijote no distrito de Dotombori estava repleta de turistas sul-coreanos e chineses. Muitos estavam comprando adesivos para relaxar as pernas Kyusoku Jikan da marca Lion e sabonete de limpeza Perfect Skin da Shiseido.

A Don Quijote tem mantido baixos os preços de principais produtos. O Kyusoku Jikan custa cera de 30% menos nas lojas da Don Quijote em relação às farmácias nas redondezas.

As vendas tax-free para turistas estrangeiros têm sido a chave para sustentar os resultados finais da Don Quijote.

Fonte: Nikkei
Imagem: Wikimedia

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Estude Japonês no Kumon
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
UNIP Polo Japão