Trump continua ativo no Twitter na China mesmo com proibição do país ao uso da rede social

Publicado em 9 de novembro de 2017, em Tecnologia

Trump continua com postagens no Twitter e pode ter burlado censura da China, onde o acesso a sites como Google, Facebook e Twitter é controlado.

&nbspTrump continua ativo no Twitter na China mesmo com proibição do país ao uso da rede social
Tweet postado por Trump na quarta-feira (8). O post mostra imagens do presidente norte-americano com o presidente Xi Jinping na Cidade Proibida e tem comentário de satisfação de Trump.

Na noite de quarta-feira (8), o presidente Trump, que estava visitando a China, comentou em seu Twitter: “Ansioso para um dia inteiro de reuniões com o Presidente Xi e nossas delegações amanhã. Obrigado pela maravilhosa recepção, China. Melanie e eu nunca esqueceremos”.

Publicidade

Entretanto, a Internet da China tem acesso bloqueado a sites globais como Twitter, Google e Facebook. Trump teria, supostamente, burlado a censura chinesa para acessar seu Twitter. O caso chamou atenção dos internautas e das mídias internacionais.

Para explicar o caso, altos funcionários do governo americano afirmaram que Trump continuará comentando em suas redes sociais e “continuará tuitando como desejar” mesmo com a “Muralha da China eletrônica”.

“É um método do presidente para conversar diretamente com os cidadãos. Por que não seria permitido? Assim como a maioria das redes sociais, o Facebook e o Twitter são proibidos dentro da China, mas é uma questão de ter acesso ou não”, disseram as autoridades para os repórteres.

Os VPNs (Networks Virtuais Privadas) são utilizados frequentemente para burlar a censura da China. Contudo, alguns aparelhos americanos que têm a conexão de roaming internacional podem utilizar redes sociais mesmo dentro da China. As autoridades não esclareceram a forma utilizada pelo presidente para acessar o Twitter e burlar o bloqueio desses sites.

Os cidadãos chineses podem receber multas ou sentenças de prisão caso publicarem conteúdo inapropriado nas redes sociais. Entretanto, as autoridades locais intensificaram a censura à Internet e bloquearam o acesso a blogs de fofocas de famosos e sites de pesquisa de informações por serem “inapropriados ou obscenos”.

Fonte: Asahi News e AFPBB


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - aprenda japonês de forma prática!