O futuro do pagamento de tarifas de transporte está em chips embutidos na pele

Publicado em 4 de julho de 2017, em Tecnologia

País europeu anunciou o início do sistema de pagamento de tarifas de transporte por chips embutidos na pele. Veja mais.

&nbspO futuro do pagamento de tarifas de transporte está em chips embutidos na peleA SJ AB, companhia ferroviária estatal da Suécia, anunciou recentemente a introdução do novo sistema de pagamentos de tarifas. Agora, durante a verificação do bilhete dentro dos vagões, a tarifa será recolhida através do escaneamento do chip de autenticação embutido na mão.

Segundo o jornal The Independent, há aproximadamente 2.000 pessoas na Suécia com microdevices embutidos no corpo. A SJ prevê que 200 destas pessoas irão utilizar este novo serviço, que começou oficialmente no início de junho.

Até o momento atual, a empresa utilizava o perfil do LinkedIn do passageiro no lugar da verificação do bilhete virtual. Entretanto, embora estivessem ocorrendo problemas na exibição do perfil do usuário, a empresa garante que não há problemas neste programa.

O gerente das relações públicas da empresa explicou ao The Independent: “Algumas pessoas acreditam que possam ter suas atitudes rastreadas através dos microchips dentro do corpo. Contudo, se você está preocupado em ser rastreado, é necessário se preocupar mais com telefones celulares e cartões de crédito. Além dos microchips, as pessoas estão sujeitas a rastreamento em diversas outras formas.”

A Suécia é um dos únicos países desenvolvidos engajados no ramo do pagamento digital. Os pagamentos em dinheiro vivo representam 2% de todas liquidações. Os restantes 98% se dividem entre pagamentos em cartões de crédito ou aparelhos móveis. Nos EUA e no Japão, os pagamentos em dinheiro representam 33% e 50% do total, respectivamente.

Embutir microchips dentro da pele é um procedimento de “biohacking”

Embutir microchips dentro da pele é um procedimento de “biohacking” que vem sendo realizado há alguns anos. Os chips embutidos são utilizados, por exemplo, na hora de abrir e fechar portas de carros e casas. O grupo de pesquisas do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) está realizando testes de dispositivos embutidos no monitoramento de diversas doenças que causam inflamações ou câncer.

Contudo, não há dúvidas que o sistema da SJ enfrente problemas daqui para frente. Atualmente, muitas pessoas estão preocupadas com a segurança dos usuários em relação ao armazenamento de informações financeiras individuais salvas no microchip. Segundo a SJ, os dados pessoais estão protegidos graças ao sistema de atribuição de números de sócios nas contas de compra do bilhete de cada passageiro.

Será que a tecnologia chega no Japão?

Fonte: Business Insider

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão by Fujiarte
Waysu - Empregos com segurança!