Governo considera feriado de 10 dias perto da sucessão imperial em 2019

Publicado em 12 de outubro de 2018, em Sociedade

O governo está considerando designar 1º de maio do próximo ano - quando Naruhito ascender ao trono - um feriado excepcional, em uma medida que criaria um período de Golden Week de 10 dias.

&nbspGoverno considera feriado de 10 dias perto da sucessão imperial em 2019
Imperador Akihito, princesa Michiko e o príncipe herdeiro Naruhito em foto no dia em que receberam Barack Obama no Palácio Imperial em abril de 2014 (Wikimedia/State Department photo by William Ng)

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe disse nesta sexta-feira (12) que o governo está considerando designar 1º de maio do próximo ano – quando o príncipe herdeiro Naruhito ascender ao trono – um feriado excepcional, em uma medida que criaria um período de Golden Week de 10 dias.

Publicidade

Abe também disse que um ritual para marcar a promoção do príncipe Akishino, o filho mais novo de Akihito, ao primeiro na linha do trono será realizada em 19 de abril de 2020, cerca de um ano após seu pai se tornar o primeiro monarca japonês vivo a renunciar em cerca de 200 anos.

“Vamos nos preparar cuidadosamente para uma série de rituais em que todas as pessoas possam celebrar”, disse Abe na primeira reunião de um comitê do governo que trabalhará nos detalhes das cerimônias para a sucessão imperial.

A lei japonesa estipula que um dia útil “ensanduichado” por feriados nacionais se torne automaticamente um feriado público.

Em 2019, 29 de abril e 3 a 6 de maio já são designados como feriados nacionais e públicos. Se 1º de maio for designado feriado nacional, 30 de abril e 2 de maio se tornariam feriados públicos, resultando no raro período de férias de 10 dias com início em 27 de abril, que cai num sábado.

O primeiro-ministro disse que o governo também está considerando definir 22 de outubro do próximo ano como um feriado nacional excepcional, visto que uma cerimônia de entronização será realizada nesse dia para o novo imperador.

O secretário-chefe do gabinete, Yoshihide Suga, disse em uma conferência de imprensa que o governo vai apresentar à Dieta um projeto de lei necessário para designar os feriados “assim que possível”, eventualmente em uma sessão extraordinária que será convocada no fim do mês.

Para o príncipe Akishino, o ritual “Rikkoshi no Rei” será organizado para notificar ao público que o príncipe de 52 anos se tornará o “koshi”, o título concebido ao primeiro na linha do Trono do Crisântemo.

A ocasião de estado será realizada pela primeira vez porque o novo título foi criado para o irmão mais novo, ao invés do filho, do novo imperador sob legislação especial que possibilita a abdicação do imperador Akihito, de 84 anos, que demonstrou seu desejo de se aposentar devido à idade avançada e saúde debilitada.

A Lei da Casa Imperial estipula que somente homens podem ascender ao trono da monarquia hereditária mais antiga do mundo. O príncipe herdeiro Naruhito só tem uma filha, a princesa Aiko de 16 anos.

O comitê do governo liderado por Abe decidirá sobre os detalhes dos rituais de sucessão imperial, se fazendo valer dos precedentes após a morte em 1989 do pai do imperador Akihito, Hirohito, postumamente conhecido como imperador Showa.

Outras grandes ocasiões de estado incluem o “Taiirei Seiden no Gi”, em que o imperador vai proferir suas últimas palavras aos chefes de três agências do governo no dia de sua abdicação, e o “Sokuirei Seiden no Gi”, ou cerimônia de entronização para o novo imperador que terá a participação de convidados nacionais e do exterior.

O governo também promoverá uma cerimônia que marca o 30º aniversário da entronização do imperador Akihito em 24 de fevereiro do próximo ano.

Fonte: Mainichi
Imagem: Wikimedia


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão