Inundações: trechos de linhas de trem ficarão fora de serviço por vários meses

Publicado em 13 de julho de 2018, em Sociedade

Muitos meses serão necessários para restaurar todos os serviços de trem na linha Sanyo, que fica na região Chugoku, atingida por inundações.

&nbspInundações: trechos de linhas de trem ficarão fora de serviço por vários meses
Chuvas torrenciais danificaram linhas de trem operadas pela West Japan Railway no oeste do Japão (Asahi)

Vários meses serão necessários para restaurar todos os serviços de trem na linha Sanyo, que fica na região Chugoku, atingida por inundações, disse a West Japan Railway Co (JR West).

Publicidade

Para a linha Geibi, levará cerca de um ano para que as operações integrais sejam retomadas.

A JR West disse em 11 de julho que nove de suas linhas ferroviárias no oeste do Japão foram danificadas na chuva torrencial. Em dez trechos, agora inoperáveis, mais de um mês será necessário para o trabalho de reparos.

A linha Sanyo Shinkansen escapou dos danos graves no desastre e vem operando entre as estações Shin-Osaka (Osaka) e Hakata (Fukuoka).

Contudo, na linha Sanyo para trens locais, passageiros que viajam para oeste a partir de Osaka, agora, precisam parar na estação Kasaoka (Okayama). Trens na mesma linha seguindo para o leste a partir de Kyushu podem ir somente até a estação Tokuyama (Yamaguchi).

A rota entre as estações Tokuyama e Kasaoka agora está inacessível por causa da inundação.

Os trechos da linha Sanyo entre as estações Mihara e Kataichi (Hiroshima) e entre Yanai e Tokuyama (Yamaguchi) ficarão foram de serviço por mais de um mês, disse a JR West.

A JR West, no entanto, planeja restaurar as operações dentro de um mês para 11 trechos de nove linhas, incluindo a Sanyo entre as estações Kasaoka e Mihara e entre as estações Iwakuni e Yanai.

A Shikoku Railway (JR Shikoku), a começar de 11 de julho, interrompeu operações na linha Yosan entre as estações Motoyama e Kannoji (Kagawa) e entre as estações Iyoshi e Uwajima (Ehime). A empresa também suspendeu serviços entre as estações Uwajima e Kubokawa na linha Yodo.

A linha Yosan ainda pode transportar passageiros a partir da província de Okayama com destino a Takamatsu (Kagawa), na ilha Shikoku, através de uma ponte, a Seto Ohashi.

Entretanto, como não há serviço entre as estações Motoyama e Kannoji, os passageiros terão que encontrar outros meios de transporte se quiserem chegar até Matsuyama (Ehime).

Fonte e imagem: Asahi


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - aprenda japonês de forma prática!