Estudante de 6 anos, de Toyota, morre de intermação

Publicado em 18 de julho de 2018, em Sociedade

Criança morreu de intermação. Apesar dos alertas para a onda de calor rigoroso, uma escola primária de Toyota levou seus alunos para atividade fora da escola.

&nbspEstudante de 6 anos, de Toyota, morre de intermação
Escola primária de Umetsubo, em Toyota, perdeu um aluno de 6 anos, vítima de intermação (CBC TV)

Por volta das 11h50 de terça-feira (17), depois de uma atividade no parque, um aluno da escola primária Umetsubo, de Toyota (Aichi), do primeiro ano, com idade de 6, passou mal. A ambulância foi chamada para socorrê-lo e ele não resistiu. Morreu no hospital.

Publicidade

O diagnóstico foi de intermação熱射病, lê-se nesshabyo. É grave, causa hipertemia, e pode levar a pessoa a óbito, como ocorreu com ele. A hipertermia acontece pela dificuldade do corpo em esfriar adequadamente, depois de ter passado por calor excessivo. É mais grave do que a insolação.

Intermação depois de ficar exposto ao sol

Segundo o Observatório Meteorológico, a temperatura nesse local às 10h era de 32ºC. Apesar dos insistentes alertas meteorológicos para insolação e hipertermia a escola levou os alunos para uma atividade para caçar insetos. O parque fica a 1Km da escola.

Na ida, pouco depois das 10h, esse aluno teria se queixado de cansaço. Na volta, atrasado para andar, o professor o puxou pela mão para chegar à escola. Novamente se queixou de cansaço.

Já dentro da sala de aula, o professor responsável viu que a cor dos lábios mudou. Fez o aluno se sentar no chão, quando ele perdeu os sentidos. Com parada cardiorrespiratória foi levado para o hospital onde sua morte foi confirmada.

Pedido de perdão

“É uma atividade que fazemos todo ano. Ter permitido que fossem sob essa alta temperatura, um aluno perdeu a vida. Estamos cientes de que fizemos um julgamento errado”, admitiu o diretor da escola.

“Expressamos nosso sincero pedido de perdão aos pais e ao aluno”, declarou.

Calor excessivo e outras vítimas

Na terça-feira uma mulher de 82 anos, de Mizunami (Gifu), morreu por hipertermia.

Em Shibuya, Tóquio, 5 estudantes do quarto ano primário foram socorridos depois de uma partida de futebol. Voltaram para a sala de aula e sentiram tontura. Foram levados para o hospital e se recuperaram da hipertermia.

Fontes: NHK, Tokai TV e CBC TV 
Foto: CBC TV


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão