Wasabi de Shizuoka é reconhecido como patrimônio agrícola mundial

Publicado em 13 de março de 2018, em Sociedade

A certificação foi concedida pela FAO e trouxe novos ventos para os 3 municípios e 4 vilas que cultivam wasabi de forma tradicional. Conheça essa planta japonesa.

&nbspWasabi de Shizuoka é reconhecido como patrimônio agrícola mundial
Produtos de wasabi, de Shizuoka, comemoram a certificação do patrimônio agrícola mundial (Yomiuri/Shizuoka)

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) certificou os cultivos tradicionais de wasabi de Shizuoka como patrimônio agrícola mundial, no fim de semana.

Publicidade

A província comemorou, mas especialmente nas 7 cidades – 3 municípios e 4 vilas – Shizuoka, Izu, Shimoda, Higashi Izu-cho, Kawazu-cho, Matsuzaki-cho e Nishi Izu-cho, onde são cultivados o wasabi de forma tradicional, a alegria ainda persiste.

As límpidas águas são imprescindíveis para o cultivo dessa planta, que se aproveita do caule conhecido como raiz-forte e selvagem para ser usado como tempero.

Wasabi e sua relação com a natureza

O método de cultivo tradicional utiliza nutrientes da água da nascente em terras de cultivo, em forma de escadarias. Além dessa forma de cultivo a cultura do wasabi está enraizada nas comunidades produtoras. Foram esses dois pontos que deram aos produtores da raiz-forte japonesa o título de patrimônio agrícola mundial.

&nbspWasabi de Shizuoka é reconhecido como patrimônio agrícola mundial
Cultivo do wasabi depende das águas límpidas, por isso há um esforço para manter o ecossistema (Sankei)

Segundo a FAO, “os Sistemas Engenhosos do Patrimônio Agrícola Mundial (sigla em inglês GIAHS – Globally Important Agricultural Heritage Systems) são construídos com base no conhecimento e na experiência locais, que refletem a evolução da humanidade, a diversidade do seu conhecimento e sua profunda relação com a natureza. Esses sistemas resultaram não somente em paisagens excepcionais, manutenção e adaptação da biodiversidade agrícola, ecossistemas resilientes, mas, sobretudo, na geração sustentável de vários bens e serviços, segurança alimentar e de meios de subsistência”.

Para os agricultores locais resta um desafio, o de transmitir essa sabedoria milenar para as próximas gerações. A expectativa é que a certificação e reconhecimento mundial tragam novos ventos, atraindo mais jovens que se interessem pelo cultivo do wasabi.

Milenar wasabi

É uma planta japonesa, cujo caule ralado é usado como tempero desde a antiguidade. O registro mais antigo é do ano de 918, no mais antigo dicionário botânico do Japão, da era Heian.

Além de ser largamente utilizado na culinária, indispensável no sashimi e sushi, o wasabi era usado como fitoterápico, indicado para quem tem alergia respiratória ou rinite alérgica pelas suas propriedades: descongestionante e expectorante.  

Desde a era Nara (710-793) o wasabi ralado é servido com peixe cru para evitar contaminação alimentar. É também indispensável no chazuke, prato que mistura de arroz e chá verde. É usado para temperar doces e outros pratos da culinária japonesa.

O aroma é delicado mas o sabor é extremamente picante.

&nbspWasabi de Shizuoka é reconhecido como patrimônio agrícola mundial
Apesar de ser conhecido como raiz-forte é usado o caule ralado na culinária como esse donburi de atum cru (Photozou)
Fontes: FAO, Sankei, Yomiuri e SBS TV
Fotos: Sankei, Yomiuri e Photozou


Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Kumon - aprenda japonês de forma prática!