Chingensai no cardápio: saborosa e saudável

Publicado em 18 de janeiro de 2018, em Sociedade

Indispensável na cozinha, chingensai é saborosa, rica em nutrientes e seu preço é mais barato que da acelga e outras hortaliças. Experimente!

&nbspChingensai no cardápio: saborosa e saudável
Vale a pena incluir chingensai no cardápio

A sua haste verde bem clarinha, quase branca, parece uma colher e a folha é verde escura e arredondada. Originária da China, chingensai (青梗菜 ou チンゲン菜), conhecida no mundo como pak-choi ou repolho-china em português, tornou-se popular no Japão.

Típica do outono-inverno, seu sabor é um pouco diferente da acelga, com um leve amargo e ao mesmo tempo levemente doce. A crocância da parte branca é atraente para o paladar. Mais do que comê-la crua em salada, ela fica doce se cozida ou refogada. Tanto que é largamente usada nos pratos chineses quentes.

Na hora da compra escolha pelo frescor: parte branca esverdeada bem firme e as folhas bem viçosas. Se estiver fresca, é fácil conservá-la na geladeira por mais uns 5 dias, desde que embrulhadas em filme ou dentro de saco plástico. Também poderá encontrar chingensai mini, igualmente saborosa e nutritiva. 

&nbspChingensai no cardápio: saborosa e saudável
Escolha pelas hastes bem firmes e folhas viçosas (Pixabay)

Como preparar chingensai

Essa verdura vai bem em refogados, ensopados, sopas e salteados. Combina com molhos cremosos, temperos como molho de ostras, sal integral, shoyu, azeite de oliva e óleo de gergelim.

A combinação com carnes de frango, camarão ou de porco parecem ser perfeitas para ela. Também se harmoniza com cenoura, cogumelo shitake, cebola, pimentas diversas, gergelim, tofu e ovo. Portanto, só com essa dica já é possível preparar uma variedade de pratos. Detalhe: jamais refogue ou cozinhe demais. Basta colocá-la no rapidamente no fogo. Por isso, se for preparar cozidos e ensopados, deixe-a cortada para ser colocada por último.

Propriedades nutritivas

Riquíssima em vitaminas, mas sobretudo nos sais minerais, essa verdura que entrou no Japão na década de 70, logo agradou o povo. Tem 6 vezes mais nutrientes que o pimentão. Cada 100 gramas possui somente 13 kCal. Confira parte do seu valor nutricional:

  • Vitamina A: 223μg
  • Ácido fólico: 66μg
  • Vitamina C: 45mg
  • Vitamina K: 45,5μg
  • Sódio: 65mg
  • Potássio: 252mg
  • Cálcio (11%) 105mg
  • Magnésio: 19mg
  • Fósforo: 37mg
&nbspChingensai no cardápio: saborosa e saudável
Pratos deliciosos preparados com chingensai

Eficácia da chingensai na saúde

Quando aquecida pode perder um pouco da vitamina C mas mantém a K, o betacaroteno que se transforma em A e os minerais.

A verdura chingensai ajuda a prevenir resfriados, hipertensão, infarto do miocárdio, infarto cerebral, arteriosclerose, câncer e osteoporose.

Contém abundante betacaroteno que é convertido em vitamina A, importante para o corpo. Como a vitamina C tem atividade antioxidante, ajuda a melhorar a imunidade e os outros nutrientes combinados contribuem para prevenir as doenças mencionadas. Como o betacaroteno é absorvido juntamente com o óleo, é mais eficaz saltear ou refogar. Claro, sempre usando um óleo de boa qualidade como o de coco, gergelim ou banha de porco.

Fontes: Yasai Navi, Salad Café e Obento
Fotos: Sora, Pixabay, Kikkoman, Beaute e Nestlé

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Estude Japonês no Kumon
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão