Mulher morre após ser atacada por vespas

Publicado em 6 de outubro de 2017, em Sociedade e atualizado em 7 de outubro de 2017 as 6:40 PM

As vespas teriam atacado a mulher cadeirante por cerca de 50 minutos quando ela estava a caminho de casa.

&nbspMulher morre após ser atacada por vespas
Uma vespa é vista na foto sem data (Mainichi/reprodução)

Uma usuária de cadeira de rodas morreu na cidade de Ozu (Ehime), no mês passado, após ser atacada por um enxame de vespas, que picaram a mulher em 150 partes de seu corpo, divulgou o jornal Mainichi nesta sexta-feira (6).

Chieko Kikuchi, de 87 anos, saiu de um centro de cuidados e estava a caminho de casa no dia 11 de setembro quando o enxame de vespas a atacou, disse um escritório do corpo de bombeiros local.

Um funcionário do centro de cuidados que acompanhava Kikuchi na hora não conseguiu afastar as vespas, visto que havia muitas delas. Os insetos continuaram picando Kikuchi por cerca de 50 minutos enquanto ela estava em sua cadeira de rodas elétrica.

&nbspMulher morre após ser atacada por vespas
Havia um ninho de vespas sob o beiral de uma casa na rua onde Kikuchi e o funcionário passavam (TBS News)

De acordo com o escritório do corpo de bombeiros do distrito de Ozu, o centro de cuidados fez uma chamada de  emergência por volta das 16h do dia 11 de setembro, relatando que a mulher idosa e o funcionário haviam sido picados pelas vespas.

Quando o serviço de emergência chegou ao local, a equipe não pôde se aproximar de Kikuchi porque um grande número de vespas ainda a rodeavam. A AFP citou que a equipe de bombeiros não tinha equipamento de proteção e admitiu que havia sido uma operação incomum para ela.

Após o ataque ter cessado, Kikuchi foi transportada a um hospital local, mas morreu no dia seguinte, de falência múltipla dos órgãos, em outra casa de saúde para a qual ela havia sido transferida. O funcionário que a acompanhava sofreu ferimentos leves decorrentes das picadas.

O ataque de vespas ocorreu em uma rua estreita perto da casa de Kikuchi, após ela e o funcionário terem sido deixados no local pelo serviço de transporte do centro de cuidados.

Havia um ninho de vespas sob o beiral de uma casa próxima. De acordo com o centro de cuidados, o funcionário tentou ajudar Kikuchi, mas foi impossível porque havia muitas vespas.

Fonte: Mainichi
Imagem: TBS News

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão - KOWA
KOWA - Trabalhe com segurança!
UNIP - Faculdade à distância no Japão!