191 pessoas no Japão morreram por excesso de trabalho

Publicado em 9 de outubro de 2017, em Sociedade

Segundo relatório do governo, no ano fiscal de 2016, 191 mortes por karoshi, ou excesso de trabalho, foram registradas no Japão.

&nbsp191 pessoas no Japão morreram por excesso de trabalho

De acordo com um relatório do governo, há uma urgente necessidade de encontrar maneiras para reduzir as horas excessivas de trabalho no Japão.

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar divulgou na sexta-feira (6) seu livro branco anual sobre karoshi, ou morte por excesso de trabalho, incluindo suicídios.

Segundo o ministério, 191 casos de karoshi foram reportados no ano fiscal que terminou em março. O menor número anual nos últimos 15 anos foi de 169 e o maior foi de 224.

[Notícia relacionada] NHK reconhece que repórter morreu por excesso de trabalho

O livro branco diz que funcionários a tempo integral trabalharam uma média de 2.024 horas no ano passado. O total anual excedeu 2.000 horas por mais de duas décadas, com exceção para um ano.

Ainda, 7,7% da força de trabalho fez mais de 20 horas extras por semana. Pessoas que trabalharam 80 ou mais horas extras por mês estão excedendo o padrão estabelecido pelo governo para o karoshi.

Representantes do ministério disseram que muitos funcionários estão sentindo o estresse de longas horas de trabalho e que vão instruir as empresas a reduzirem as horas em uma tentativa de prevenir o karoshi e realizar uma sociedade onde os trabalhadores podem proteger a própria saúde.

Fonte: NHK
Imagem: Bank Image

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão - KOWA
KOWA - Trabalhe com segurança!
UNIP - Faculdade à distância no Japão!