União Europeia e Japão assinam acordo de livre-comércio

Publicado em 18 de julho de 2018, em Economia

Atualmente, empresas na UE exportam todos os anos mais de $100 bilhões em produtos e serviços ao Japão.

&nbspUnião Europeia e Japão assinam acordo de livre-comércio
Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu (à esq.), primeiro-ministro japonês Shinzo Abe (centro) e Jean-Claude Juncker, líder da Comissão Europeia (à dir.) – NHK

Após anos de negociações, a UE- União Europeia e o Japão assinaram em Tóquio um dos maiores acordos de livre-comércio do mundo, cobrindo cerca de um terço do PIB- Produto Interno Bruto global e 600 milhões de pessoas.

O primeiro-ministro do Japão Shinzo Abe participou de uma cerimônia na tarde de terça-feira (17) com o presidente do Conselho Europeu Donald Tusk e o líder da Comissão Europeia Jean-Claude Juncker.

A medida se contrasta bruscamente com as ações realizadas pela administração de Trump, que introduziu tarifas de importação exorbitantes.

O líder da Comissão da UE, Jean-Claude Juncker, disse que o acordo destacou as soluções “vantajosas para ambas as partes” oferecidas pelo livre-comércio.

“O impacto do acordo de hoje vai bem além de nossas fronteiras. Juntos estamos realizando, ao assinar juntos, uma declaração sobre o futuro do comércio livre e justo”, disse Juncker.

Uma das maiores exportações da UE ao Japão é a de produtos laticínios, enquanto a do país asiático para o bloco europeu é a de carros.

A EPA – Acordo de Parceria Econômica, pediu ao Japão e à UE que removam as tarifas na maioria dos produtos de cada uma em fases.

Tarifas dos EUA

Há cerca de 18 meses, os EUA estavam realizando discussões com o Japão e outros países asiáticos sobre um acordo de livre-comércio de ampla faixa, o Trans-Pacífico, mas Donald Trump se retirou deste em uma de suas primeiras medidas após se tornar presidente.

Desde então, sua política de “América Primeiro” introduziu tarifas em uma ampla faixa de itens, incluindo aço, o qual tanto o Japão quanto a UE exportam para os EUA.

Atualmente, empresas na UE, a maior zona de livre-comércio do mundo, exportam todos os anos mais de $100 bilhões em produtos e serviços ao Japão.

“Em uma época quando medidas protecionistas estão ganhando força globalmente, o acordo assinado pela UE e Japão hoje mostrará ao mundo mais uma vez nossa vontade política inabalável para promover o livre-comércio”, disse o ministro japonês para Revitalização da Economia, Toshimitsu Motegi.

Fonte: BBC, NHK
Imagem: NHK

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Estude Japonês no Kumon
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão