Supermercados e lojas de conveniência no Japão estão baixando os preços de produtos

Publicado em 14 de setembro de 2017, em Economia

Com consumidores preocupados sobre a trajetória da economia e gastando menos, supermercados e konbinis estão baixando os preços de produtos. Veja mais.

&nbspSupermercados e lojas de conveniência no Japão estão baixando os preços de produtos
Supermercados e lojas de conveniência estão reduzindo os preços de produtos alimentícios processados e de necessidades diárias (imagem ilustrativa)

Supermercados e lojas de conveniência estão reduzindo os preços de produtos alimentícios processados e de necessidades diárias, visto que a preocupação sobre a trajetória da economia e crescimento lento no rendimento disponível deixa os consumidores relutantes em gastar.

Esses estabelecimentos dependem de reduções de custo e outras medidas que visam dar espaço para cortes de preços, apesar do ambiente difícil de negócios, que é ponderado pelos altos níveis de trabalho e custos de distribuição.

A Daiei Inc. reduzirá os preços de aproximadamente 1.300 itens, que incluem produtos alimentícios processados e temperos, na média de 10 a 20 por cento, por cerca de 3 meses.

No mês passado, a Seiyu GK, uma unidade da gigante americana do varejo Wal-Mart Stores Inc., reduziu os preços de 466 itens alimentícios e de necessidade diária na média de 6 a 10 por cento, enquanto a Aeon Co. ofereceu uma redução média de cerca de 10 por cento para 114 itens vendidos sob a marca Aeon.

As lojas de conveniência também estão sob pressão para revisar a redução de preços, desviando-se de sua tendência de não oferecer descontos.

A Seven-Eleven Japan Co., uma unidade da Seven & i Holdings, e outras 2 principais competidoras da indústria no Japão, vêm comercializando itens de necessidade diária, como detergentes, a preços mais baratos desde abril.

“Nossa estratégia de preço convencional não é boa o suficiente se quisermos que os clientes não somente levem produtos para suas necessidades urgentes, mas também comprem em nossas lojas regularmente”, disse Sadanobu Takemasu, presidente da Lawson Inc.

Em supermercados e lojas de conveniência, as vendas same-store em julho continuaram amplamente estáveis em comparação aos níveis do ano anterior, apesar das ondas de calor, um fator positivo.

“O pensamento deflacionista do consumidor ainda precisa ser eliminado”, disse Atsushi Inoue, alto responsável da Associação de Redes de Lojas do Japão.

Fonte: Jiji, Yomiuri
Imagem: Bank Image

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
au - telefonia movel no Japao
Passagens Aereas para o Brasil
au - telefonia movel no Japao
Casa Própria no Japão
au - telefonia movel no Japao
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
au - telefonia movel no Japao
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Baladas no Japão