’Queria dinheiro pra gastar à vontade’ alegou presa por vender falsificados

Publicado em 16 de Maio de 2018, em Crime

Recentemente a polícia vem prendendo pessoas que insistem em vender falsificados de marcas famosas. Veja o que alegam.

&nbsp’Queria dinheiro pra gastar à vontade’ alegou presa por vender falsificados
Mesmo sabendo que é proibido, as pessoas continuam vendendo falsificados e correndo risco: Bose, Stussy e Louboutin

O Departamento de Polícia Metropolitana anunciou na terça-feira (15) a prisão de uma dona de casa japonesa. Ela revendia carteiras falsificadas da famosa marca francesa Christian Louboutin.

Na sua residência em Toshima-ku, Tóquio, os homens da lei encontraram 4 carteiras da griffe. Ela comprava os produtos de uma pessoa no app de flea market (feira da pulga em português) e revendia através de leilão online.

Sua alegação foi “queria dinheiro para gastar à vontade com meus filhos e comigo”. Confessou que só revendia Louboutin, ainda que falsificado, por gostar da griffe. Em dois anos de vendas ilícitas teria levantado cerca de 5 milhões de ienes.

Não é falsificado, é paródia

Em Quioto (província homônima) a polícia prendeu um casal que vendia roupas infantis da Stussy, famosa griffe norte-americana, no dia 11.

Suspeita-se que eles adquiriam os produtos no país de origem – Coreia do Sul – para revenda na loja da cidade. “Tínhamos consciência de que eram paródias e não falsificados”, alegou o casal estrangeiro.

Fones de ouvido falsificados da Bose

No mesmo dia, 11, em Nagoia (Aichi) os homens da lei prenderam a japonesa Mari Toyoda, 48, de Utsunomiya (Tochigi). Ela vendia alto-falantes e fones de ouvido falsificados da Bose. Alegou que não sabia que se tratavam de produtos ilícitos.

Recentemente uma mulher japonesa foi presa em Nagoia (Aichi) por vender bolsas da marca francesa Hermès em uma loja de departamentos.

Fontes e fotos: ANN, MBS e NNN

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Produtos Brasileiros no Japão