Mulher é presa por abandono de recém-nascido

Publicado em 10 de Maio de 2018, em Crime

No final da tarde de 26 de abril um recém-nascido foi encontrado em Tóquio. Polícia localiza e prende a mãe por abandono.

&nbspMulher é presa por abandono de recém-nascido
Mulher no carro da polícia, algemada na quinta-feira por abandono do filho recém-nascido (FNN)

O Departamento de Polícia Metropolitana anunciou nesta quinta-feira (10) a prisão de uma mulher japonesa sob suspeita de abandono de recém-nascido.

Erika Araki, 30 anos, desempregada e de endereço incerto foi algemada pela polícia da capital. A suspeita sobre a mãe é de abandono do filho recém-nascido, em 26 de abril deste ano.

“Não tinha segurança para criar o filho por não ter vida com base sólida, nem tenho onde morar”, alegou a mulher.

Segundo a polícia, ela deu à luz dentro do apartamento de um hotel próximo à estação Otsuka da companhia JR, em 25 do mês passado.

No dia seguinte embrulhou o recém-nascido, ainda com cordão umbilical, em uma toalha. Colocou dentro de uma sacola e por volta das 17h o deixou na área de um prédio em Nishi Sugamo, Toyoshima-ku, na capital.

Cerca de meia hora depois, um homem, residente em um dos apartamentos, encontrou a criança. Foi salva sem nenhum ferimento.

A polícia conseguiu localizá-la porque as câmeras de segurança da região registraram suas ações.

Fontes: Sankei e FNN 
Foto: FNN

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Produtos Brasileiros no Japão