Japão: 46 vítimas do tráfico humano inclui brasileira

Publicado em 18 de Maio de 2018, em Crime

Entre as vítimas que foram protegidas do tráfico humano no Japão, em 2017, há uma brasileira. A maioria é japonesa, incluindo menores.

&nbspJapão: 46 vítimas do tráfico humano inclui brasileira
Apesar da repressão policial, ainda há vítimas do tráfico humano no Japão (PxHere)

O governo anunciou na manhã desta sexta-feira o total de pessoas que foram protegidas do tráfico humano no ano passado. O número de 46 pessoas foi apresentado no Conselho de Promoção das Medidas contra o Tráfico Humano, presidido por Yoshihide Suga, Secretário Chefe de Gabinete do governo.

Durante a reunião Suga informou que foram 28 cidadãos japoneses protegidos do comércio de seres humanos. Pela primeira vez na história o país atingiu esse número de vítimas japonesas resgatadas da extorsão pela exploração sexual ou trabalhos forçados.

“É um sério problema internacional envolvendo graves violações dos direitos humanos”, declarou Suga, apontando para intensificar as medidas de combate. “A maioria desses crimes imperdoáveis ocorreu aproveitando a imaturidade dos jovens”, pontuou.

Dentre as 46 vítimas socorridas e protegidas 45 são do sexo feminino. E 7 tinham idade abaixo dos 18 anos. Além das 28 vítimas japonesas, foram 8 tailandesas e 7 filipinas. Havia também uma de cada um desses países: Mongólia, Vietnã e Brasil.

Fontes: Sankei e Nishi Nippon 
Foto: PxHere

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Produtos Brasileiros no Japão