Líder da megafraude de 1,8 bilhão de ienes é preso

Publicado em 22 de fevereiro de 2018, em Crime

Polícia localiza e prende o homem que tinha o papel central na megafraude de 1,8 bilhão de ienes ocorrida em 2016, com cartões de crédito falsificados.

&nbspLíder da megafraude de 1,8 bilhão de ienes é preso
Momento em que Shunsuke Muto foi preso por volta das 15h30 de quarta-feira (ANN)

O homem que teria o papel de líder do esquema fraudulento de 1,8 bilhão de ienes sacados dos caixas eletrônicos foi preso na tarde de quarta-feira (21).

Shunsuke Muto, 39, teria sacado 1,9 milhão de ienes em maio de 2016, na cidade de Yamato (Kanagawa), usando cartões de crédito falsificados. Segundo informações da Polícia da Província de Chiba, Muto tinha um papel central nas operações fraudulentas de saque com cartões falsificados. Ele teria planejado, providenciado os cartões falsificados e dado ordens para as fraudes que causaram prejuízos de 1,8 bilhão de ienes, em diversos pontos do país.

De acordo com informações da polícia, ele fazia parte de uma organização chamada Kanto Rengo e estava sendo procurado em todo o país.

Em relação à megafraude, Muto teria dito em interrogatório “ainda não quero falar sobre isso”.

A polícia informou que até quarta-feira já prendeu mais de 40 pessoas do esquema fraudulento. Pode ser que a organização yakuza esteja profundamente envolvida. Por isso, prossegue com as investigações para elucidação do caso.

Fontes: Sankei e ANN
Foto: ANN

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Estude Japonês no Kumon
Fujiarte - Empregos no Japão
WAYSU - Empregos no Japão
UNIP Polo Japão