Trio é preso por abusar de funcionário de restaurante em Osaka

Publicado em 13 de Janeiro de 2018, em Crime

O funcionário sofreu vários abusos e uma foto que mostrava vários palitos de dente presos em seu rosto foi encontrada em um celular.

&nbspTrio é preso por abusar de funcionário de restaurante em Osaka
O restaurante yakiniku Gyuu Gyuu em Osaka onde o funcionário trabalhava (News 24/reprodução)

Um proprietário de restaurante e outros dois que supostamente feriram e abusaram de um funcionário ao atirar palitos de dente em seu rosto usando uma pequena besta, além de queimá-lo com água quente, foram presos em 10 de janeiro de acordo com a polícia.

A polícia prendeu o trio Masao Mukai, de 42 anos, proprietário do restaurante, sua esposa Misaki, de 26, e o gerente Yuki Misonoo, de 25, pela suspeita de abusar da vítima de 35 anos, cujo nome não foi divulgado.

A vítima vinha sendo exposta à violência desde meados do ano passado e a polícia continua a investigação.

O primeiro incidente ocorreu em julho de 2017, quando os suspeitos teriam batido no rosto da vítima diversas vezes com um pedaço de madeira. Em outro, eles jogaram água quente em suas nádegas e coxas.

Além disso, em outubro de 2017 o trio também é acusado de amarrar as mãos da vítima, colocar um lenço em um pedaço de fio, atear fogo nele e então encostá-lo perto de seu nariz, o que causou queimaduras.

Contudo, o incidente mais severo foi quando os três suspeitos teriam usado uma mini besta – brinquedo que imita uma arma medieval – pequena o suficiente para disparar palitos de dente no rosto da vítima dezenas de vezes. De acordo com a polícia que confiscou a arma de 10cm por 12cm, ela era capaz de disparar palitos de dente a velocidades de até 100Km/h.

Esse tipo de brinquedo vem sendo fonte de controvérsia na China recentemente, com muitos pedindo por sua proibição. Assista ao vídeo para ter uma ideia:

Segundo a divisão de investigação criminal da Polícia da Província de Osaka, as autoridades examinaram os telefones celulares dos suspeitos e encontraram uma foto que mostrava vários palitos de dente presos no rosto da vítima, assim como um vídeo do abuso.

Ao ser questionado pela polícia sobre como vinha tratando a vítima, Mukai teria dito “Ele gastou o dinheiro do restaurante e teve uma má atitude, então passamos a tratá-lo com violência desde maio do ano passado”.

A vítima e Mukai se conheceram em outro local de trabalho e, desde o verão de 2016, Mukai designou o homem como responsável pelo restaurante, mas o rebaixou após isso. A vítima disse à polícia que um de seus dentes também foi arrancado.

Fonte: Mainichi, Sora News 24
Imagem: News 24

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão - Fujiarte
WAYSU - Trabalhe com segurança!
UNIP - Faculdade à distância no Japão!