Três estrangeiros, sendo 2 brasileiros, presos novamente por crimes em Ibaraki

Publicado em 7 de dezembro de 2017, em Crime

A polícia de Ibaraki anunciou a nova ordem de prisão para 3 estrangeiros, sendo 2 brasileiros, por assalto em 2015 e outras suspeitas.

&nbspTrês estrangeiros, sendo 2 brasileiros, presos novamente por crimes em Ibaraki
Polícia de Ibaraki prende 3 estrangeiros, sendo 2 brasileiros

O motivo da nova ordem de prisão anunciada nesta quinta-feira (7), pela Polícia da Província de Ibaraki, é um crime de assalto ocorrido em 2015. Os três estrangeiros teriam invadido uma residência na cidade de Ishioka. Nessa ocasião feriram o morador e roubaram o dinheiro.

A nova ordem de prisão foi dada na quarta-feira (6) para o brasileiro Marcelo de Paulo Alves, 38 anos, residente em Omitama (Ibaraki). Outros dois reindiciados são os já encaminhados para a promotoria. Um deles é trabalhador temporário de Sri Lanka, Don Dylan K. Hewagama-Mudalige, 33, de Kasumigaura (Ibaraki). O outro é brasileiro, desempregado, Valmir Ichiro Takii, 44, da mesma cidade do srilankês.

Eles foram reindiciados pelo crime ocorrido por volta das 23h de 11 de novembro de 2015. A vítima foi um assalariado de 48 anos que, ao voltar para casa, foi agredido no rosto e abdômen. Ele teve fraturas nas costelas e teve que fazer tratamento de 2 meses. Os ladrões levaram 78 mil ienes.

Segundo a polícia, os três são conhecidos, da mesma quadrilha. Está sendo realizada investigação sob suspeita de terem participado de furtos e roubos, possivelmente, em mais de 10 casas somente em Kasumigaura e Ishioka.

Fonte: Sankei News
Foto: Twitter

Deixe seu comentário nesta página!

Neste Artigo:

Outras Notícias

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Mudanças para o Brasil
Produtos Brasileiros no Japão
Produtos Brasileiros no Japão - Mugen Foods
Clínica Dental ai - atendimento em português
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Empregos no Japão - Team Altas
Empregos no Japão - KOWA
KOWA - Trabalhe com segurança!
UNIP - Faculdade à distância no Japão!